Translate this Page
Arrebatamento
Você acha que o Arrebatamento da Igreja será:
No meio da Tribulação
Depois da Tribulação?
Durante a Tribulação
Antes da Tribulação?
Não sei responder!
Ver Resultados


Rating: 2.1/5 (360 votos)




ONLINE
2




Partilhe este Site...





O Portal da Teologia 

Indice Mapa do Site Avançado
Busca O Portal

 Ychzek'el [Ezequiel] 9.3-4

O PORTAL DA TEOLOGIA

A marca de Cristo. 

3. Então a Glória do Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura

4. Adonai lhe disse: "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".  

 Atenção: O Arrebatamento da Irmã Vilma - Assista aqui em [Vídeos e Nova Era] Cuidado com a sua Alma! 

 

Graça e Paz em Cristo → A todos os Leitores → Sejam bem vindos → No nome de Jesus!  Comentem os artigos → Iniciem discussões sobre os temas → O Moderador. 06.04.2014 

 
OPorTAU.png

Atualize o seu navegador - novo domínio 

http://www.oportaldateologia.org/ 

O Portal:

 

 

oportal@oportaldateologia.org 

cliqueimagem 

OPorTAU.png 

Pedido de Oração  

 

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

 


O Portal da Teologia autoriza a republicação de todos os artigos do site na íntegra, desde que cite a fonte de origem.  


Arrebatamento pré ou pós- Tribulação
Arrebatamento pré ou pós- Tribulação

 oportaldateologia/Arrebatamento.png 


 

Arrebatamento pré ou  pós- Tribulação

Dave Hunt

O Arrebatamento da Igreja signifi­ca que todos os crentes serão levados para o céu - aqueles que acabaram de ressuscitar juntamente com os que es­tiverem vivos na ocasião (ITessalonicenses 4.13-18). Se ele ocorre no iní­cio do período da Tribulação, então, claramente a Segunda Vinda de Cris­to, no final da Tribulação, para resga­tar Israel no meio do Armagedom, é um evento separado Segunda Vinda, tornando-se os dois eventos em um só. O que acontecerá: dois eventos se­parados por sete anos ou um evento com dois propósitos diferentes?

Essa pergunta, embora não tenha nada a ver com o Evangelho da salva­ção, divide grande parte da igreja evan­gélica. Felizmente, a questão pode ser resolvida com uma certa facilidade. As descrições nas Escrituras sobre o Arre­batamento e sobre a Segunda Vinda, respectivamente, são tão diferentes umas das outras, em tantos de seus de­talhes, que não poderiam estar descre­vendo o mesmo acontecimento. Não dá para apresentarmos aqui todas essas distinções, mas seguem algumas delas:

1. No Arrebatamento, Cristo não retorna à terra, mas leva os crentes pa­ra o Alto, para se encontrarem com Ele acima da terra, conduzindo-os di-retamente aos céus: "Voltarei e vos re­ceberei para mim mesmo, para que, on­de eu estou, estejais vós também" (João 14.3). "Depois, (...) seremos arrebatados juntamente com eles, (...) para o encon­tro do Senhor nos ares, e, assim, estare­mos para sempre com o Senhor" (l Tes-salonicenses 4.17).

• Por outro lado, na Segunda Vin­da, Cristo retorna a esta terra para governar Israel e o mundo, a partir do trono de Davi em Jerusalém: "Naquele dia, estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jeru­salém" (Zacarias 14.4). "Deus, o Se­nhor, lhe dará o trono de Davi, seu pai; ele reinará para sempre sobre a casa de faço, e o seu reinado não terá fim" (Lu­cas 1.32-33). "Vi o céu aberto, e eis um cavalo branco. O seu cavaleiro (...) julga e peleja com justiça. (...) E seguiam-no os exércitos que há no céu. (...) Sai da sua boca uma espada afiada, para com ela ferir as nações; e ele mesmo as rege­rá com cetro de ferro.." (Apocalipse 19.11-15).

2.No Arrebatamento, há uma res­surreição de todos os crentes que mor­reram até aquele momento: "Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibilidade, e que o corpo mortal se revista da imortalida­de. E, quando este corpo corruptível se revestir de incorruptibilidade, e o que é mortal se revestir de imortalidade, en­tão, se cumprirá a palavra que está es­crita (...)" (I Coríntios 15.52-53). "...os mortos em Cristo ressuscitarão primei­ro" (l Tessalonicenses 4.16).

• Por outro lado, na Segunda Vin­da não há ressurreição até que o Anti-cristo seja derrotado, ele e o falso pro­feta tenham "sido lançados vivos den­tro do lago de fogo" (Apocalipse 19.20) e Satanás tenha sido aprisionado no "abismo [por] mil anos" (Apocalipse 20.1-3) - sendo que nenhum desses acontecimentos está nem remotamen­te relacionado com o Arrebatamento dos crentes para o céu. Então, à "pri­meira ressurreição" que ocorreu no Arrebatamento, é acrescentado um grupo único: "Vi ainda as almas dos decapitados por causa do testemunho de Jesus, bem como por causa da pala­vra de Deus, tantos quantos não ado­raram a besta, nem tampouco a sua imagem, e não receberam a marca na fronte e na mão; e viveram e reinaram com Cristo durante mil anos" (Apoca­lipse 20.4-5).

3. No Arrebatamento, os corpos dos crentes que estiverem vivos (como os daqueles que tiverem ressuscitado) serão transformados para se tornarem imortais: "Xem todos dormiremos [isto é, nem todos morreremos!, mas transformados seremos todos (...). Os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós [que estivermos vivos] seremos transforma­dos. Porque é necessário que este corpo corruptível se revista da incorruptibili­dade, e que o corpo mortal se revista da imortalidade" (ICoríntios 15.51-53). "Depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles [os santos ressurretos], entre nu­vens, para o encontro do Senhor nos ares [o que claramente requer corpos imortais]" (lTessalonicenses 4.17). 

Por outro lado, na Segunda Vin­da, todos os santos retornarão dos céus com Cristo e, portanto, já terão sido transformados em imortalidade: "Então, virá o senhor, meu Deus, e to­ dos os santos, com ele" (Zacarias 14.5). "Vi o céu aberto, e eis um que (...) está vestido com um manto tinto de sangue (...) e seguiam-no os exércitos que há no céu (...) para ferir as nações" (Apocalip­se 19.11-15).

4. O Arrebatamento ocorre duran­te um tempo de relativa paz e prospe­ridade, quando o mundo não está aguardando um juízo vindo de Deus: "Assim como foi nos dias de Noé [a últi­ma coisa que eles esperavam era um juízo vindo de Deus], (...) comiam, be­biam, casavam e davam-se em casa­mento. (...) O mesmo aconteceu nos dias de Ló: (...) compravam, vendiam, plantavam e edificavam. (...) Assim será no dia em que o Filho do Homem se manifestar" (Lucas 17.26-30). 

Por outro lado, a Segunda Vinda ocorre em meio à pior guerra que o mundo já viu e logo após a maior de­ vastação que o planeta já sofreu ou so­frerá: "Nesse tempo haverá grande tri­bulação,  como desde o princípio do mundo até agora não tem havido e nem haverá jamais. Não tivessem aqueles dias sido abreviados, ninguém seria sal­vo; mas, por causa dos escolhidos, tais dias serão abreviados" (Mateus 24.21- 22). "E olhei, e eis um cavalo amarelo e o seu cavaleiro, sendo este chamado Morte; e o Inferno o estava seguindo, e foi-lhes dada autoridade sobre a quarta parte da terra para matar à espada, pe­la fome, (...) e sobreveio grande terre­moto.  (...) Então,  todos os montes e ilhas foram movidos do seu lugar. [Os homens] se esconderam nas cavernas e nos penhascos dos montes (...) porque chegou o grande Dia da ira deles; e quem é que pode suster-se?" (Apocalip­se 6.8-17). "Foram, então, soltos os qua­tro anjos (...) para que matassem a ter­ça parte dos homens" (Apocalipse 9.15). "...este [o mar] se tornou em sangue co­mo de morto, e morreu todo ser vivente que havia no mar. (...) nos rios e nas fontes das águas (...) se tornaram em sangue. (...) O quarto anjo derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe dado quei­mar os homens com fogo. Com efeito, os homens se queimaram com o intenso calor (...) e ocorreu grande terremoto, como nunca houve igual desde que há gente sobre a terra. (...) Todas as ilhas fugiram, e os montes não foram acha­dos; também desabou do céu sobre os homens grande saraivada, com pedras que pesavam cerca de um talento" (Apocalipse 16.3-21). "Vi o céu aberto, e eis um cavalo branco. O seu cavaleiro se chama Fiel e Verdadeiro (...) e se­guiam-no os exércitos que há no céu, montando cavalos brancos, com vesti­duras de linho finíssimo, branco e puro. (...) E vi a besta [o Anticristo] e os reis da terra, com os seus exércitos, congre­gados para pelejarem contra aquele que estava montado no cavalo e contra o seu exército. Mas a besta foi aprisiona­da, e com ela o falso profeta (...). Os dois foram lançados vivos dentro do la­go de fogo" (Apocalipse 19.11-21). 

5. O Arrebatamento ocorre quan­do as condições no mundo parecem indicar que tudo está bem - quando pouquíssimos estão aguardando o re­torno de Cristo, e Ele pega até mesmo a Igreja de surpresa: "Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai. (...) Por isso, ficai também vós apercebidos; porque, à hora em que não cuidais, o Filho do Homem virá" (Ma­teus 24.36,44).

• Por outro lado, quando ocorrer a Segunda Vinda, nem mesmo o Anti­cristo é tomado de surpresa - os mui­tos sinais visíveis alertam a todos de que Cristo está bem às portas: "Assim também vós: quando virdes todas estas coisas, sabei que está próximo, às por­tas" (Mateus 24.33). "E vi a besta e os reis da terra, com os seus exércitos, con­gregados para pelejarem contra aquele estava montado no cavalo e contra o seu exército" (Apocalipse 19.19).oportaldateologia/Arrebatamento1.png

6. O Arrebatamento ocorre quan­do a Igreja está adormecida, com pou­ca expectativa do retorno do Senhor: "E, tardando o noivo, foram todas to­madas de sono e adormeceram" (Ma­teus 25.5). "Vigiai, pois, porque não sa­beis quando virá (...) para que, vindo ele inesperadamente, não vos ache dor­mindo" (Marcos 13.35-36).

• Por outro lado, a Segunda Vinda acontece no final da Tribulação, em meio a uma devastação mundial e a uma aflição desesperadora; o Anticris-to e seus exércitos estão atacando Isra­el, grande parte de Jerusalém já foi capturada (Zacarias 14.1-2) e Israel es­tá à beira de ser aniquilado. É inconce­bível que a Igreja, se ainda estivesse aqui, estaria repousando em compla­cência e vivendo no engano de que "certamente Cristo não virá agora!"

7. Como o Arrebatamento nos le­va instantaneamente, sem que passe­mos pela morte,  para fora deste mun­do de pecado, dor e pesar, para estar­mos para sempre com Cristo e sermos como Ele, para nunca mais O entriste­cermos, Ele é chamado "a bendita es­perança": "Aguardando a bendita es­perança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Cristo Je­sus" (Tito 2.13). "E a si mesmo se puri­fica todo o que nele tem esta esperança" (IJoão 3.3).

• Por outro lado, a Segunda Vinda (ou um arrebatamento pós-tribulação naquela época) dificilmente poderia ser chamada "a bendita esperança", uma vez que pouquíssimos cristãos (se a Igreja ainda estivesse aqui) sobrevi­veriam para desfrutar dessa esperança. Tendo se recusado a receber a marca da besta, 666, "sobre a mão direita ou sobre a fronte", portanto, sendo inca­paz de "comprar ou vender", e, recu­sando-se a adorar a "imagem da besta", eles seriam mortos (Apocalipse 13.15-17). Não faz sentido sugerir que, se vo­cê puder comer secretamente o que encontrar nos baldes de lixo para evi­tar morrer de fome e ainda conseguir estar um passo à frente dos esquadrões da morte da polícia mundial do Anti-cristo, estaria vivendo a "Bendita Es­perança". "Oba, serei arrebatado no Armagedom!"

8. Quanto ao Arrebatamento, in­questionavelmente, a igreja primitiva foi ensinada a esperá-lo a qualquer momento e a aguardar ansiosamente pelo retorno de Cristo, quando Ele le­vará todos os crentes consigo, à casa de Seu Pai, para estarem eternamente com Ele: "Cingido esteja o vosso corpo, e acesas, as vossas candeias. Sede vós semelhantes a homens que esperam pe­lo seu senhor" (Lucas 12.35-36). "Pois a nossa pátria está nos céus, de onde tam­bém aguardamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo, o qual transformará o noscorpo de humilhação, para ser igual ao corpo da sua glória, segundo a eficá­cia do poder que ele tem de até subordi­nar a si todas as coisas" (Filipenses 3.20-21). "E como, deixando os ídolos, vos convertestes a Deus, para servirdes o Deus vivo e verdadeiro e para aguar­dardes dos céus o seu Filho, a quem ele ressuscitou dentre os mortos, Jesus, que nos livra da ira vindoura" (ITessaloni-censes 1.9-10). "Aguardando a bendita esperança" (Tito 2.13). "Cristo (...) apa­recerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação" (Hebreus 9.28). Não se aguardaria diariamente e com grande expectativa por algo que não pudesse acontecer antes do adven­to do Anticristo ou o fim da tribulação de sete anos. Desta forma, deverá ha­ver uma vinda de Cristo que poderá acontecer a qualquer momento. 

• Por outro lado, a Segunda Vinda, por definição, como está descrita nas Escrituras, não pode ser aguardada a qualquer instante. Portanto, nenhuma das passagens bíblicas que acabamos de citar, relativas a aguardar e esperar pelo Senhor, poderia se referir à Se­gunda Vinda ou a um arrebatamento pós-tribulação da Igreja. Essas porções da Escritura, assim, só podem se refe­rir ao Arrebatamento pré-Tribulação.

9. O Arrebatamento pré-Tribula­ção possui um efeito poderoso e puri­ficador sobre aqueles que têm esta es­perança no Senhor. O fato de que ele deve ser esperado a qualquer momen­to pode somente significar que ele de­ve vir antes que o Anticristo seja reve­lado e antes da Tribulação. Se Cristo poderá voltar a qualquer momento, não há tempo a perder, não há tempo para demorar em testemunhar, não há tempo em ser indulgente com o peca­do pensando em se arrepender e mu­dar de vida mais tarde. "Filhinhos, ago­ra, pois, permanecei nele, para que, quando ele se manifestar, tenhamos confiança e dele não nos afastemos en­vergonhados na sua vinda" (IJoão 2.28). "E a si mesmo se purifica todo o que nele tem esta esperança, assim co­mo ele é puro" (IJoão 3.3). 

• Por outro lado, a expectativa da Segunda Vinda (ou um arrebatamen­to pós-tribulação naquela época) difi­cilmente poderia ter um efeito purifi­cador porque ela não poderá acontecer antes de pelo menos sete anos - tempo suficiente para demorar em testemuha, para postergar corrigir-se diante do Senhor, para adiar uma vida em santidade. Na verdade, o Senhor disse que não crer que Ele poderá voltar a qualquer momento teria o efeito con­trário ao de crentes que a si mesmos se purificam: "Mas, se aquele servo, sendo mau, disser consigo mesmo: Meu se­nhor demora-se, e passar a espancar os seus companheiros e a comer e beber com ébrios, virá o senhor daquele servo em dia em que não o espera e ew hora que não sabe" (Mateus 24.48-50; Lucas 12.45-46).

10. O Arrebatamento não é so­mente um acontecimento que dever­mos esperar que aconteça subitamen­te, pelo qual devemos ter uma ansiosa expectativa, mas devemos pedir ao Se­nhor que Ele venha imediatamente. Eis aqui como a Bíblia termina: "O Es­pírito e a noiva dizem: Vem! Aquele que ouve, diga: Vem! (...) Certamente, ve­nho sem demora. Amém! Vem, Senhor Jesus!" (Apocalipse 22.17,20). 

• Por outro lado, a Segunda Vinda não é de uma natureza e de um crono­logia tais que possamos pedir a Cristo que venha imediatamente. Como Cristo obviamente não pode retornar à terra em juízo para resgatar Israel, impedir a destruição na batalha do Armagedom e destruir o Anticristo juntamente com seu reino antes do fi­nal da Tribulação, clamarmos a Cris­to: "Vem, Senhor Jesus!" seria como exigir pagamento por um débito que ainda não venceu e que só vencerá da­qui a pelo menos sete anos. 

Contudo, "o Espírito e a Noiva" cla­mam, sim, "Vem, Senhor Jesus!". Pode­mos somente concluir que deve haver uma vinda de Cristo que poderá ocor­rer a qualquer momento. Não pode ser a Segunda Vinda ou um arrebatamen­to pós-Tribulação. Pode somente ser o Arrebatamento pré-Tribulação.

11. Existem pelo menos dois even­tos que ocorrem no céu, nos quais a Igreja deve estar presente e, portanto, não podem acontecer até que o Arre­batamento aconteça. São eles o tribu­nal de Cristo e as Bodas do Cordeiro com Sua Noiva: "Pois todos compare­ceremos perante o tribunal de Deus" (Romanos 14.10). "Porque importa que todos nós compareçamos perante o tri­bunal de Cristo, para que cada um re­ceba segundo o bem ou o mal que tiver feito por meio do corpo" (2Coríntios 5.10). "Alegremo-nos, exultemos e de­mos-lhe a glória, porque são chegadas as bodas do Cordeiro, cuja esposa a si mesma já se ataviou, pois lhe foi dado vestir-se de linho finíssimo, resplande­cente e puro. Porque o linho finíssimo são os atos de justiça dos santos" (Apo­calipse 19.7-8). 

Esses dois eventos acontecem antes do retorno de Cristo à terra e, assim, exigem um Arrebatamento anterior ao retorno.

• Fica claro que a Segunda Vinda não pode acontecer antes que esses dois eventos vitais, que demandam a presença da Igreja no céu, aconteçam. Somente depois que o Cordeiro tiver se casado com Sua Noiva é que ela O acompanhará de volta à terra para res­gatar Israel e destruir o Anticristo e seus exércitos: "E seguiam-no os exérci­tos que há no céu, montando cavalos brancos, com vestiduras de linho finíssi­mo, branco e puro" (Apocalipse 19.14). 

Não sabemos o motivo pelo qual tarda o Noivo, mas, exatamente como Ele predisse, a Igreja está adormecida. Naquele contexto, nosso Senhor acres­centa: "Mas, à meia-noite, ouviu-se um grito: Eis o noivo! Saí ao seu encontro! (Mateus 25.6). Que cada um de nós
possa estar ansiosamente ouvindo aquele clamor do Espírito Santo em nossos corações. Na verdade, nós de­veríamos expressar esse clamor em al­ta voz, para que o Senhor pudesse vir qualquer momento para nos levar consigo. Vamos aguardar por Ele em
uma expectativa gloriosa - e estimular outros a fazerem o mesmo. Isto terá um efeito purificador e motivador em nossa vida. (TBC)

 Extraído de Revista Chamada da Meia-Noite junho de 2016

Dave Hunt (1926-2013) - Devido a suas profundas pesquisas e sua experiência em áreas corno profecias, misticismo oriental, fenômenos psíquicos, seitas e ocultismo, realizou muitas conferências nos EUA e em outros países. Também foi entrevistado frequentemente no rádio e na televisão. Começou a escrever em tempo integral após trabalhar por 20 anos como consultor em Administração e na direção de várias empresas. Dave Hunt escreveu mais de 20 livros, que foram traduzidos para dezenas de idiomas, com impressão total acima dos 4.000.000 de exemplares.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários

 

              

newline oportal

 

Editoriais

As taças da ira de Deus  estão prestes a se derramarem sobre a terra! 

Quero fazer um breve relato sobre esta chamada em "Flash”, visto que não vejo a necessidade de escrever um artigo específico sobre o título, bem como também não vou citar referências bíblicas que corrobore com este assunto.

 

Os elementos ardendo  

em breve se fundirão!

Cuidado!

Um corpo terrestre, 

se chocará contra a terra e 

causará repentina destruição. 

 

Leia Mais imagem

 

A falsa doutrina do pré-tribulacionismo  

Qual biblicamente é a mais viável para você? A Meso-tribulação [Arrebatamento no meio da tribulação] ou a Pós-tribulação? [Arrebatamento depois da tribulação] Em qual delas acontecerá o Arrebatamento da Igreja! Será antes da tribulação? Reflita! Leia Mais  imagem

 

 

  Reflexão do O Portal

         2013

O oitavo Rei foi eleito.

A besta que era e já não é, é também o  oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição Apocalipse cap. 17 - 11.

E o sangue de muitos inocentes ainda haverá de ser derramado.              

Guerreiros feridos são condecorados com Láureas de sangue.

Os soldados do Exército do Rei dos Reis, porém herdarão uma coroa de ouro, e a vida eterna.

A Nova Ordem Mundial está chegando e virá para cumprir o seu dever a rigor.

Quem quiser se livrar dela terá que aceitar a sua marca. 6 6 6 em troca da sua alma.

Revelação 13. 1 – Vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] 7. Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. “Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”

Yeshua.

 O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que  isto lhe custar a própria vida.

"Permaneça fiel até a morte, e Eu lhe darei a Vida como Coroa. Revelação 2.10.

Yeshua".

 

Leia o Artigo: O sétimo milênio e o fim da humanidade.

Oriente-se.

 

Por: Cornelio A.Dias

Março de 2013.

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 TAUEZEQ94_tsp.png

 

 

 

  Ler um   é:

Armazenar Informações;

Desenvolver a Intelectualidade;

Ampliar os Horizontes;

Compreender o Mundo;

Comunicar-se com o Próximo;

Escrever Corretamente;

Relacionar-se melhor com o Outro!

 Ler uma  é:

Armazenar Ensinamentos;

Desenvolver o Conhecimento;

Ampliar a Espiritualidade;

Compreender a DOUTRINA;

Comunicar-se com JESUS

Escrever a VERDADE;

Relacionar-se melhor com DEUS. 

IMAGEM TEXTO

Ore conosco ao som de belos louvores;

Chore aos pés feridos do Pai!

A tristeza logo passa, não demora.

Ele vos envolve e vos consola, 

Em seus braços, faz-vos descansar.

O Portal

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

clique aqui em:

Bíblia Online e Seleção de Louvores

e deixa Deus falar ao seu coração!

IMAGEM TEXTO

  

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png

 

 

 Leia Mais imagem 


Com: Paz seja convosco
Graça e Paz
A Paz do Senhor
Paz da parte... do Senhor
Paz de Deus
Shalom
Shalom Adonai
Bom dia; Boa Tarde; Boa Noite Irmão
Nenhuma da anteriores

Feedjit

 

Download

Descrição:

Bíblia Sagrada Digital

MediaFire – Down

 Jogo Show do Cristão

MediaFire – Down

Biblia Sagrada + jogo show do cristão + caminho estreito

MEGA – Down 

topo