Translate this Page
Arrebatamento
Você acha que o Arrebatamento da Igreja será:
No meio da Tribulação
Depois da Tribulação?
Durante a Tribulação
Antes da Tribulação?
Não sei responder!
Ver Resultados


Rating: 2.1/5 (483 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...





O Portal da Teologia 

Indice Mapa do Site Avançado
Busca O Portal

 Ychzek'el [Ezequiel] 9.3-4

O PORTAL DA TEOLOGIA

A marca de Cristo. 

3. Então a Glória do Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura

4. Adonai lhe disse: "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".  

 Atenção: O Arrebatamento da Irmã Vilma - Assista aqui em [Vídeos e Nova Era] Cuidado com a sua Alma! 

 

Graça e Paz em Cristo → A todos os Leitores → Sejam bem vindos → No nome de Jesus!  Comentem os artigos → Iniciem discussões sobre os temas → O Moderador. 06.04.2014 

 
OPorTAU.png

Atualize o seu navegador - novo domínio 

http://www.oportaldateologia.org/ 

O Portal:

 

 

oportal@oportaldateologia.org 

cliqueimagem 

OPorTAU.png 

Pedido de Oração  

 

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

 


O Portal da Teologia autoriza a republicação de todos os artigos do site na íntegra, desde que cite a fonte de origem.  


O Que é o AMILENISMO?
O Que é o AMILENISMO?

 AMILENISM.jpg

Historicamente, há três posições básicas quando se trata da questão do Milênio e quando ele acontecerá em relação ao retorno de Cristo para o planeta Terra. A primeira é o pré-milenismo, que é a mais antiga das três e afirma que Jesus retornará antes que Ele reine por mil anos na terra com os Seus santos. A segunda é o amilenismo, que afirma que a atual era da Igreja é um reino espiritual de Cristo e que não haverá reinado de mil anos dEle sobre a terra quando retornar em Sua Segunda Vinda.  A terceira posição é o pós-milenismo, que é semelhante ao amilenismo, dizendo que a atual era é um reinado espiritual de Cristo através da Igreja. O pós-milenismo crê que a maioria das pessoas serão salvas no futuro e, assim, a Igreja reinará vitoriosamente no tempo futuro, antes que Jesus retorne para a terra. Eu creio que a Bíblia ensina o pré-milenismo.

DEFINIÇÃO DE AMILENISMO

Os termos amilenismo, pré-milenismo e pós-milenismo não se tornaram termos teológicos até os anos 1800. 0 termo " amilenismo" é composto por três palavras. Primeira, é a palavra grega alta privativo "a", que nega uma palavra à qual está ligada como prefixo. Desta forma, uma interpre tação literal da palavra seria "não-milenismo" – ou, mais especificamente ,"não haverá milênio depois que Cristo retornar". Os dois outros termos são de derivação latina. "Mille" significa "mil" e "annum" significa "ano". Desta forma,"milênio" significa "mil anos". O amilenista Sam Storms explica:

Acredito que o "milênio" que João descreve no Apocalipse é concomitante com a era da Igreja, na qual vivemos, e consiste na co-regência com Cristo daqueles crentes que morreram e entraram na glória do estado intermediário.[l]

Embora o termo "amilenismo" significa literalmente "não mil anos", segundo Storms o termo não significa isso. De acordo com ele, os amilenistas crêem, sim, em um milênio. O milênio, entretanto, é agora: a era presente da Igreja, entre a primeira e a segunda vinda de Cristo, em sua inteireza, é o milênio".[2]

Anthony Hoekema, um amilenista, crê que um termo melhor, "milenismo realizado", é uma descrição mais adequada de suas visões reais, e admite que é algo um tanto atrapalhado, substituir um simples prefixo por uma palavra com várias sílabas. (...) Vou continuar a usar o termo mais curto e mais comum: amilenismo. [3]

A questão do milênio é gerada pelo entendimento que se tem dos cinco usos de "mil anos" em Apocalipse 20. 2-7. Hoekema descreve sua visão como segue:

Os amilenistas interpretam o milênio mencionado em Apocalipse 20.4-6 como a descrição do reino celestial atual, onde as almas dos crentes que já morreram estão com Cristo. Eles entendem a prisão de Satanás, mencionada nos três primeiros versículos deste capítulo, como sendo, de fato, durante o período inteiro entre a primeira e a segunda vinda de Cristo, embora com o término imediatamente antes do retorno de Cristo. Eles afirmam que Cristo retornará depois desse reino milenar celestial.[4]

Alguns "amilenistas interpretam o milênio", acrescenta Storms, "como compreendendo todos os triunfos espirituais interiores experimentados pela Igreja (isto é, Cristo reinando no coração do crente)".[5]

O amilenismo tradicional crê que a primeira ressurreição de Apocalipse 20.5-6 não se refere a um acontecimento físico, mas a um tempo espiritual, quando um crente se torna cristão; em outras palavras, o novo nascimento. Uma primeira ressurreição espiritual foi ensinada por Agostinho (354-430 d.C), o pai do amilenismo, em seu livro A Cidade de Deus (20.9). Isto é significativo porque, se o texto se refere a uma ressurreição literal (o que, de fato, é), então este seria um forte suporte para o pré-milenismo, contra o qual os amilenistas daqueles tempos estavam reagindo.

A HISTÓRIA DO AMILENISMO

 O amilenismo como um sistema de teologia não fez parte do cenário cristão até em torno do ano 400 d.C., quando Agostinho, do Norte da África, desenvolveu-o em seu conhecido trabalho denominado A Cidade de Deus. Perto do ano 180 d.C., no Norte da África, na cidade de Alexandria, surgiu oposição a uma interpretação literal de Apocalipse 20.1-7, e levou ao que poderia ser melhor denominado de "antimilenismo". O antimilenismo era simplesmente uma oposição negativa ao entendimento comum na igreja primitiva de que Cristo retornaria em Apocalipse 19, sendo, então, seguido pelo reino de mil anos na terra, no capítulo 20. Um dos primeiros pais da Igreja, Justino Mártir (100-165 d.C.), escreveu:

Mas eu e outros, que somos cristãos sensatos em todos os pontos, temos certeza de que haverá uma ressurreição dos mortos e mil anos em Jerusalém, que será então construída, adornada e engrandecida, como declararam os profetas Ezequiel, Isaías e outros. [6]

Desta forma, nos primeiros anos da Igreja, ser pré-milenista era considerado parte da ortodoxia. Então, por que depois a Igreja se tornou amilenista agostiniana por mais de mil anos?

No tempo de Cristo, o centro da filosofia grega havia se mudado de Atenas, na Grécia, para Alexandria, no Egito. Clemente de Alexandria (150-215 d.C.) e seu discípulo Orígenes (185-254 d.C.) desenvolveram a abordagem alegórica à interpretação bíblica no início do século III. "A crítica fundamental a Orígenes, que teve início ainda durante o tempo de sua própria vida", observa Joseph Trigg, "foi de que ele usou interpretação alegórica para proporcionar uma justificativa ilusória para reinterpretar a doutrina cristã nos termos da filosofia platônica". [7] Como Orígenes acreditava que "o significado espiritual pertence a uma ordem de ideias superior ao significado literal",[8] ele foi atraído pelo significado espiritual ou alegórico do texto. Ronald Diprose explica as implicações de uma interpretação alegórica, como segue:

Ele motivou esta visão ao apelar para o princípio da inspiração divina afirmando que frequentemente as declarações feitas pelos escritores bíblicos não são literalmente verdadeiras e que muitos acontecimentos, apresentados como históricos, são inerentemente impossíveis. Desta forma, apenas crentes simples se limitarão ao significado literal do texto. [9]amilenismo2.jpg

A escola alexandrina estabeleceu o pal­co para o total abandono do pré-milenis-mo até uns duzentos anos antes da Refor­ma. Assim como havia agitações pré-reformistas sobre a doutrina da salvação, também havia prenúncios na área de pro­fecia bíblica. Portanto, nos tempos de Agostinho, o amilenismo começou a subs­tituir a crença original da Igreja primitiva no pré-milenismo. "...os pais latinos, Jerônimo e Gregório, o Grande, e desde que o amilenismo reverberava de outras manei­ras", observa Robert Lerner, "o cenário es­tava estabelecido para uma enorme restri­ção às expressões do milenismo na subse­quente tradição ocidental". [10]

POR QUE O AMILENISMO ESTÁ ERRADO?

O amilenismo, embora venha sendo amplamente mantido durante toda a histó­ria eclesiástica, está errado simplesmente porque a Bíblia não o ensina em lugar al­gum. Disse um escritor: "A principal fra­queza do amilenismo está em sua exegese de Apocalipse 20.1-10, especialmente seu entendimento das duas ressurreicões".[ll] O amilenismo é a escatologia oficial da Igreja Católica Romana e das Igrejas Orto­doxas Orientais. Infelizmente, ele foi adotado pela primeira geração de Reformadores Protestantes, que não fizeram muito na área de profecia bíblica, portanto, eles sim­plesmente levaram adiante o ponto de vis­ta de Roma nesta área. Todavia, gerações posteriores de Reformadores, especialmen­te os Puritanos, estudaram esses assuntos em profundidade e a maioria deles aban­donou Roma nesta área da teologia.

Cerca de uma década atrás, tive um debate com um dos principais amilenistas acadêmicos dos Estados Unidos sobre amilenismo versus pré-milenismo. Ele escreveu um comentário com mil páginas ou mais sobre o Apocalipse, de uma perspectiva amilenista. Durante o debate, quando me foi dada a oportunidade de questioná-lo diretamente, fiz a seguinte pergunta: "Os pré-milenistas crêem que temos uma base bíblica para nossa crença. Nós vemos Cristo retornando ao planeta Terra no capítulo 19 de Apocalipse e seis vezes no capítulo 20  lemos sobre Ele reinando por mil anos. Você poderia nos fornecer um texto bíblico semelhante que pelo menos pareça prima facie [aparentemente correto, que não necessita de provas] apoiar seu ponto de vista amilenista?". Não me lembro bem dos detalhes da resposta, mas ele não forneceu uma passagem específica para minha pergunta. Ao contrário, partiu para um discurso teológico especulativo sem fornecer um texto bíblico para o amilenismo. Creio que ele não pôde fornecer a passagem bíblica porque não há nenhuma em lugar algum na Bíblia.

Cheguei à conclusão, a partir de meus estudos em história e de interações atuais com pessoas, que a razão principal para o amilenismo é que muitos não gostam da ideia de um reinado pessoal, físico, de Cristo sobre o planeta Terra. Entretanto, a salvação inclui tanto o âmbito espiritual quanto o âmbito físico da humanidade. A redenção será completada aqui no planeta Terra quando Cristo nos redimir não apenas espiritual, mas também fisicamente, reinando e governando na terra vitoriosamente por mil anos. O amilenismo implica em que Cristo não precisa ser vitorioso dentro do âmbito da história humana, que tem sido o teatro para todos os outros aspectos do drama humano. Eles crêem apenas em uma vitória no céu, quando escaparmos da história humana derrotados.

Jesus Cristo, como o segundo Adão, veio à terra para começar uma raça humana totalmente nova, uma nova humanidade. A base para esta nova humanidade é a morte, o sepultamento, a ressurreição e a ascensão que Ele realizou em Sua primeira vinda.[nascimento  deveria ser o certo – para não  acrescentar uma  terceira vindas – obs. O Portal]  A época atual é uma fase eletiva na qual Jesus está conclamando um povo para reinar com Ele em Seu reino. A Segunda Vinda é para o propósito de julgar aqueles que O rejeitaram e preparar o Seu glorioso reino na terra. Então, apenas então, reinaremos com Cristo para sempre, na eternidade. Maranata! (Pre-Trib Perspectives) <®

Thomas Ice é diretor-executivo do Pre-Jrib Research Center. Ele é autor de muitos livros e um dos editores da Bíblia de Estudo Profética.

Notas:

1. Sam  Storms,   Kingdom  Come:   lhe AmillennialAlternative (Venha o Reino: A Alternativo Amilenista)(Mentor Imprint: Londres, 2013), p. 423.

2. (itálicos originais) Storms, Kingdom Come, p. 424.

3. (itálicos originais) Anthony A. Hoekema, The Bible and the Future (A Bíblia e o Futuro) (Grand RapidsEerdmans,1979),p.l74.

4. Hoekema, Bible and the Future, p. 174.

5. Storms, Kingdom Come, p. 425.

6. Justino Mártir, Dialogue of Justin, Philosopher and Martyr, with Trypho, A Jew(Q Diálogo de Justino, Filósofo e Mártir, com Trifo, um Judeu), capítulo 80.

7. Joseph W. Trigg, "Introduction" (Introdução), in R. P. C. Hanson, Allegory & Event: A Study oí the Sources and Significance of Origen's Interpretation of Scripture (Alegoria e Fato: Um Estudo Sobre as Fontes e o Significado da Interpretação de Orígenes Sobre os Escrituras), (Louisvilleestminster John Knox Press, 2002), p. vi. 

8. Ronald E. Diprose, Israel in the development of Chíistion   thought   (Israel   no   Desenvolvimento   do Pensamento Cristão) (Romo: Instituto Bíblico Evangélico Italiano, 2000), p. 87. 

9. DiproseIsrael, pp. 87-88. 

10. Robert E. Lerner, "Millennialism" (Milenismo) in Bernard    McGinn,    editor,    Jhe    Encyclopedia    of Apocalyaticism: Apocalypticism in Western History and Culture (A Enciclopédia do Apocaliptismo: O Apocaliptismo  no História e na Cultura Ocidentais), 3 vols. (Nova York: Continum, 2000), vol. 2; p. 329.

11. J. Daniel Hays, J. Scott Duvall, C. Marvin Patê, Dictionary of Bíblica! Prophecy and End Times (Dicionário de Profecia Bíblica e Final dos lempos) (Grand Rapids: Zondervan, 2007), p. 26. 

http://files.comunidades.net/oportaldateologia/thomas_ice.jpg

Thomas Ice é diretor-executivo do Pre-Trib Research Center (Centro de Pesquisas Pré-Tribulacionistas) e professor de Teologia na Liberty University. Ele é Th.M. pelo Seminário Teológico de Dallas e Ph.D. pelo Seminário Teológico Tyndale. Editor da Bíblia de Estudo Profética e autor de aproximadamente 30 livros, Thomas Ice é também um renomado conferencista. Ele e sua esposa Janice vivem com os três filhos em Lynchburg, Virginia (EUA).

 

*

 

Comentários

              DE_UM_LIKE_75_SWIURL.JPG

TAUEZEQ94_tsp.png

*

newline oportal

 

Editoriais

As taças da ira de Deus  estão prestes a se derramarem sobre a terra! 

Quero fazer um breve relato sobre esta chamada em "Flash”, visto que não vejo a necessidade de escrever um artigo específico sobre o título, bem como também não vou citar referências bíblicas que corrobore com este assunto.

 

Os elementos ardendo  

em breve se fundirão!

Cuidado!

Um corpo terrestre, 

se chocará contra a terra e 

causará repentina destruição. 

 

Leia Mais imagem

 

A falsa doutrina do pré-tribulacionismo  

Qual biblicamente é a mais viável para você? A Meso-tribulação [Arrebatamento no meio da tribulação] ou a Pós-tribulação? [Arrebatamento depois da tribulação] Em qual delas acontecerá o Arrebatamento da Igreja! Será antes da tribulação? Reflita! Leia Mais  imagem

 

 

  Reflexão do O Portal

         2013

O oitavo Rei foi eleito.

A besta que era e já não é, é também o  oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição Apocalipse cap. 17 - 11.

E o sangue de muitos inocentes ainda haverá de ser derramado.              

Guerreiros feridos são condecorados com Láureas de sangue.

Os soldados do Exército do Rei dos Reis, porém herdarão uma coroa de ouro, e a vida eterna.

A Nova Ordem Mundial está chegando e virá para cumprir o seu dever a rigor.

Quem quiser se livrar dela terá que aceitar a sua marca. 6 6 6 em troca da sua alma.

Revelação 13. 1 – Vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] 7. Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. “Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”

Yeshua.

 O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que  isto lhe custar a própria vida.

"Permaneça fiel até a morte, e Eu lhe darei a Vida como Coroa. Revelação 2.10.

Yeshua".

 

Leia o Artigo: O sétimo milênio e o fim da humanidade.

Oriente-se.

 

Por: Cornelio A.Dias

Março de 2013.

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 TAUEZEQ94_tsp.png

 

 

 

  Ler um   é:

Armazenar Informações;

Desenvolver a Intelectualidade;

Ampliar os Horizontes;

Compreender o Mundo;

Comunicar-se com o Próximo;

Escrever Corretamente;

Relacionar-se melhor com o Outro!

 Ler uma  é:

Armazenar Ensinamentos;

Desenvolver o Conhecimento;

Ampliar a Espiritualidade;

Compreender a DOUTRINA;

Comunicar-se com JESUS

Escrever a VERDADE;

Relacionar-se melhor com DEUS. 

IMAGEM TEXTO

Ore conosco ao som de belos louvores;

Chore aos pés feridos do Pai!

A tristeza logo passa, não demora.

Ele vos envolve e vos consola, 

Em seus braços, faz-vos descansar.

O Portal

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

clique aqui em:

Bíblia Online e Seleção de Louvores

e deixa Deus falar ao seu coração!

IMAGEM TEXTO

 

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png  

 

 

 Leia Mais imagem 


Com: Paz seja convosco
Graça e Paz
A Paz do Senhor
Paz da parte... do Senhor
Paz de Deus
Shalom
Shalom Adonai
Bom dia; Boa Tarde; Boa Noite Irmão
Nenhuma da anteriores

Feedjit

 

Download

Descrição:

Bíblia Sagrada Digital

MediaFire – Down

 Jogo Show do Cristão

MediaFire – Down

Biblia Sagrada + jogo show do cristão + caminho estreito

MEGA – Down 

topo