Translate this Page
Arrebatamento
Você acha que o Arrebatamento da Igreja será:
No meio da Tribulação
Depois da Tribulação?
Durante a Tribulação
Antes da Tribulação?
Não sei responder!
Ver Resultados


Rating: 2.1/5 (473 votos)




ONLINE
3




Partilhe este Site...





O Portal da Teologia 

Indice Mapa do Site Avançado
Busca O Portal

 Ychzek'el [Ezequiel] 9.3-4

O PORTAL DA TEOLOGIA

A marca de Cristo. 

3. Então a Glória do Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura

4. Adonai lhe disse: "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".  

 Atenção: O Arrebatamento da Irmã Vilma - Assista aqui em [Vídeos e Nova Era] Cuidado com a sua Alma! 

 

Graça e Paz em Cristo → A todos os Leitores → Sejam bem vindos → No nome de Jesus!  Comentem os artigos → Iniciem discussões sobre os temas → O Moderador. 06.04.2014 

 
OPorTAU.png

Atualize o seu navegador - novo domínio 

http://www.oportaldateologia.org/ 

O Portal:

 

 

oportal@oportaldateologia.org 

cliqueimagem 

OPorTAU.png 

Pedido de Oração  

 

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

 


O Portal da Teologia autoriza a republicação de todos os artigos do site na íntegra, desde que cite a fonte de origem.  


Sociedades Secretas Mataram o Sr. Jesus Cristo 1
Sociedades Secretas Mataram o Sr. Jesus Cristo 1

 

Sociedades Secretas Mataram o Senhor Jesus Cristo

Parte 1

Ao iniciarmos este interessante assunto, queremos fazer uma afirmação e depois então apresentar os fatos:

Demonstraremos hoje que os líderes religiosos no tempo de Jesus não eram judeus tradicionais, embora certamente fizessem grandes demonstrações da boca para fora; os fariseus naquele tempo eram membros da Cabala, uma sociedade secreta tão ocultista e satânica quanto qualquer outra que já existiu. Quando Jesus exerceu seu ministério, os fariseus eram controlados por Satanás.

Como no fundo de seu coração, os fariseus eram satanistas praticantes, isso explica muito do mistério referente aos relatos bíblicos sobre o ministério e a morte de Jesus. Por exemplo, explica o ódio que os fariseus tinham por Jesus, mesmo diante de Seus muitos milagres. Isso explicaria como algumas pessoas que testemunharam o milagre da ressurreição de Lázaro não acreditaram. Como não puderam acreditar? Tinham acabado de presenciar um milagre inacreditável; um homem que conheciam pessoalmente, que sabiam que estava morto de verdade, ser trazido de volta à vida por meio do poder de Jesus Cristo. Entretanto, alguns deles não creram; foram apressadamente relatar a ressurreição de Lázaro. Qual foi a reação deles? Eles então acreditaram? Não, sentiram ainda uma maior vontade de matar Jesus. Após assistir a este programa, essa inacreditável dureza de coração ficará mais clara.

Finalmente, esse satanismo dos fariseus explicaria o tratamento incomum que Jesus lhes deu. Se os fariseus fossem simplesmente pecadores iludidos, Jesus teria exibido a mesma compaixão que demonstrou com as prostitutas e com os coletores de impostos. Leia novamente os evangelhos com esse conceito em mente e verá que o tratamento que Jesus deu aos fariseus foi realmente incomum. Hoje, estudaremos a realidade que os fariseus estavam profundamente envolvidos em uma sociedade secreta judaica, a Cabala, e veremos o impacto que essa realidade teve no ministério e na morte de Jesus Cristo.

Como as sociedades secretas começaram e por que eram necessariamente secretas? A resposta é ao mesmo tempo chocante e informativa, pois lança a base para a compreensão de qualquer sociedade secreta. O autor cristão, o reverendo Alexander Hislop, publicou no início do século 20 um livro intitulado The Two Balylons: The Papal Worship. (As Duas Babilônias: A Adoração ao Papa) Ele afirma que as sociedades secretas podem ser rastreadas até Ninrode, que se tornou, após sua morte, o "primeiro dos mortais divinizados". [pág. 32] Quem foi Ninrode? Algumas gerações após o dilúvio, quando a população mundial começou a crescer novamente, um homem chamado Ninrode levantou-se na região da antiga Babilônia. Ele era um poderoso guerreiro e exerceu uma tremenda liderança entre aqueles povos antigos. Ninrode estabeleceu um sistema satânico de idolatria e atraiu muitas pessoas a esse tipo de adoração. Naquele tempo, o sistema religioso predominante que governava o mundo era a adoração ao único Deus verdadeiro. Logo após Ninrode estabelecer sua religião "alternativa", baseada na idolatria e na feitiçaria, Sem, um dos filhos de Noé, profundamente agoniado em ver tanta apostasia, foi motivado pelo Deus Todo-Poderoso a destruir o reino de Ninrode. Sem organizou um exército e atacou Ninrode, derrotando-o e levando-o prisioneiro. Ninrode foi executado, juntamente com muitos de seus sacerdotes e seguidores. Para demonstrar a totalidade de sua vitória, Sem ordenou que o corpo de Ninrode fosse desmembrado e que cada parte fosse enviada a uma cidade diferente para demonstrar a todos que a adoração a Satanás por meio da idolatria e da feitiçaria não seria tolerada. O mundo parecia livre daquela forma de mal.

No entanto, Semíramis, a mulher de Ninrode, e alguns sacerdotes que escaparam, juntaram forças para criar uma religião secreta. Eles divinizaram Ninrode, criando um falso Messias. Criaram um sistema de Mistérios Satânicos destinado a se alastrar por todo o mundo. Os ensinos desses Mistérios, como eles eram chamados, de forma muito sutil levavam os homens de volta ao mesmo sistema de magia e de idolatria implantado por Ninrode, que Sem destruíra vigorosamente. Esse caminho falso atraía os homens oferecendo-lhes conhecimento oculto, e prendia-os com juramentos severos e com sinais e cumprimentos secretos.

Esse foi, então, o início das sociedades secretas, iniciadas várias gerações após o dilúvio, em aproximadamente 2.200 AC. Portanto, as sociedades secretas existem há mais de 4.000 anos na história humana; são literalmente a igreja de Satanás desde o início. Opõem-se a todo o plano de Deus para a humanidade e estão comprometidas a destruí-lo. Esse compromisso com a destruição do sistema de Deus era feito de forma que seus membros fossem enganados a pensar que estavam na verdade tentando realizar o "bem". É por isso que Deus adverte, em Isaías 5:20:

Uma das características das sociedades secretas é que enganam o povo comum sobre a verdade fundamental, especialmente a verdade de como obter a salvação eterna; em vez disso mantêm essa verdade para si mesmos, como uma forma de poder e de privilégio. Jesus falou diretamente sobre essa terrível situação em Lucas 11:52:

"Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo!"

As sociedades secretas literalmente invertem as definições das palavras em 180 graus, de forma que chamam ao bem de Deus de mal, e ao mal de Satanás chamam de bem.

Há mais uma razão por que as sociedades secretas tiveram de se estabelecer e permanecer secretas. O objetivo delas não era nada mais que a derrubada de todos os governos e da adoração a Deus. Se tentassem estabelecer sua organização publicamente, as autoridades as prenderiam por traição, e o povo, que orienta suas vidas de acordo com os preceitos do sistema estabelecido por Deus, pediria a prisão e execução dessas pessoas. Portanto, esses objetivos e atividades precisam ser executados sob total sigilo. Além disso, os líderes dessas sociedades secretas acreditavam que seu poder aumentaria grandemente se pudessem permanecer em total segredo.

Concluindo, as sociedades secretas podem ser rastreadas até o reino satânico de Ninrode, na antiga Babilônia. Elas foram estabelecidas após Sem executar Ninrode pelo crime de reinstalar a feitiçaria e a idolatria. Para preservar essa adoração satânica e conseguir derrubar o odiado sistema que destruiu Ninrode, um sistema secreto de satanismo precisou ser estabelecido. Por meio das sociedades secretas, o sistema babilônio de satanismo foi preservado. O Anticristo surgirá a partir desse sistema e tentará destruir o sistema de Deus, como é o plano desde o início. Nesse ponto, o mundo inteiro ficará sob a reinstituição pública do antigo sistema babilônio de adoração a Satanás. Estamos muito próximos disso hoje; é interessante observar que Deus identifica o sistema do Anticristo no livro do Apocalipse como "Mistério Babilônia". (Capítulo 17) Deus é muito literal e preciso nas profecias.

Os mistérios babilônios foram levados ao Egito, onde a história da morte de Ninrode e o desmembramento do seu corpo foram adaptados na lenda do deus Osíris. A maior parte das lendas que formam os mistérios antigos foi adaptada em muitas culturas e sempre com nomes e lugares conhecidos por aquela cultura. Desse modo, Satanás conseguiu alastrar esse sistema falso por todo o mundo, conquistando as mentes e os corações dos líderes em cada país.

À medida que o tempo passou e as sociedades secretas foram estabelecidas em muitos países e culturas diferentes, começaram a desenvolver características comuns, pois estavam tentando servir ao mesmo ser sobrenatural, Satanás. Seria útil estudarmos agora essas características similares:

 

1. Orgulho arrogante

Os membros das sociedades secretas sempre recebem o convite para aderir, o que cria um sentimento de exclusividade, de separação e de superioridade em relação às demais pessoas na sociedade. Essa atitude arrogante é expandida pelo ensino que o conhecimento espiritual e temporal somente podia ser revelado aos Iniciados, ou aos "Sábios", como eles se chamavam. Esses "sábios" acreditavam que esses Mistérios não podiam ser compreendidos pelo povo comum, as massas "vulgares". Na verdade, essa arrogância era tão comum entre esses "sábios" de sociedades secretas que eles iniciaram o processo de ensinar falsidades ao povo comum, reservando o conhecimento espiritual e temporal somente para si mesmos. Assim, esses homens eram muito diferentes de líderes religiosos falsos, como Maomé e Buda, que tentaram expandir seus ensinos nas massas. As sociedades secretas procuram esconder a verdade das pessoas comuns.

Precisamos ser muito claros neste ponto: Ninguém que seja um Adepto (um ocultista avançado) em uma sociedade secreta, que aprendeu a verdade secreta, pode revelá-la para o povo comum. A pena para essa revelação ao povo comum é a morte, a morte mais dolorosa possível. Tenha isso em mente, pois terá grande significado mais tarde.

 

2. Desenvolvimento de Dupla Personalidade

Como cada membro estava aprendendo tremendas informações que tinha prometido manter absolutamente secretas de qualquer pessoa que não fosse membro, os membros começaram a desenvolver duas personalidades distintas. Uma era a personalidade pública, e outra a secreta. A arte do engano, até mesmo para os membros da família, foi rapidamente desenvolvida. Literalmente, aquilo que um familiar ou conhecido via em palavras e ações era muito diferente da pessoa que existia no interior.

 

3. Reverência pelo Ensino Oral

As sociedades secretas ensinavam que o Ensino Oral era tão importante e sagrado quanto qualquer obra escrita. Como veremos em instantes, quando estudarmos a sociedade secreta judaica, a Cabala, essa ênfase no Ensino Oral é um instrumento muito importante de Satanás. Lembre-se, Deus estabeleceu Sua santa palavra como uma obra escrita. Ele repetidamente disse que essa palavra escrita nunca mudaria e que seria totalmente cumprida e que duraria por toda a eternidade. Como Satanás sempre trabalha da forma oposta de Deus, não devemos nos surpreender que coloque maior ênfase no ensino oral. Dentro dos confins das sociedades secretas, o ensino oral também serve ao propósito crítico de manter a sociedade e seus ensinos secretos. O ensino oral é uma ferramenta de Satanás.

 

4. O homem é inerentemente bom

As sociedades secretas ensinam que o homem era inerentemente bom, mas que foi corrompido pelas influências físicas e espirituais. Logicamente, isso contradiz o ensino claro e consistente da Bíblia que diz que o homem é inerentemente mau.

 

5. Redentor prometido

Virtualmente todas as sociedades secretas ensinam que, um dia, um Rei Remidor aparecerá, para levar o mundo inteiro a esse conhecimento oculto. Somente quando toda a humanidade estiver iniciada nesses mistérios é que o mundo poderá viver na "Era de Ouro" para o qual está destinado. Esse ensino é contrário à verdade da Bíblia, que declara do início ao fim que o Messias estabelecerá seu reino eterno. Neste ponto, precisamos compreender um detalhe muito importante: O Rei Remidor que as sociedades secretas aguardam difere significativamente do Rei Remidor bíblico, que sabemos que é Jesus Cristo. Existem várias diferenças:

(1) Jesus Cristo é Deus Onipotente, o Todo Poderoso, o segundo membro da Trindade. O Rei Remidor das sociedades secretas é um mestre elevado, um homem proveniente da sociedade secreta, que já viveu muitas vidas passadas e que atingiu o estado "perfeito". Ele possui a "consciência do Cristo" inerente nesse estado perfeito e, assim, possui o conhecimento necessário para levar a humanidade à Era Dourada.

(2) Jesus Cristo possuía poder inerente, pois era e é Deus. O Rei Remidor da sociedade secreta somente poderá "acessar" o poder do Logos, do oculto, e somente por que será um Adepto dos Mistérios. Ele não possuirá nenhum poder inerente; seus poderes derivam do seu conhecimento do ocultismo.

(3) Jesus Cristo cumpriu a Lei e os Profetas e restaurou os padrões de volta ao ponto em que Deus os estabeleceu por meio de Moisés. O Rei Remidor que as sociedades secretas aguardam continuará a ocultar as verdades secretas do povo comum, colocando os membros da sociedade secreta no seu lugar de honra na sociedade.

Vamos retornar à história das sociedades secretas agora que definimos esse pano de fundo para a compreensão. Quando Deus tirou os filhos de Israel da escravidão no Egito (em aproximadamente 1.500 AC), o ensino das sociedades secretas do Oriente Médio já existia há vários séculos. Nos séculos antes de Jesus nascer, esse vírus mortal começou a penetrar na liderança religiosa judaica. Esses líderes judeus começaram a se envolver com o ocultismo. Uma tradição judaica oral secreta começou a ser praticada, distintamente diferente do Pentateuco escrito por Deus. Foram criados dois sistemas de tradição oral judaica, um público e um secreto. O ensino público lidava com as questões da vida diária, como as leis sobre o comércio e o que constituía trabalho no sábado; essa lei prática mais tarde passou a ser chamada de Talmude. Jesus criticou a imposição de leis criadas pelo homem, pois amarravam o povo aos sacerdotes e criavam um conjunto de normas frustrantes que ninguém conseguia cumprir. Esses padrões não eram de Deus; foram criados pelo homem para que os sacerdotes pudessem controlar o povo.

O segundo conjunto de ensinos orais judaicos era extremamente secreto; tornou-se conhecido como a Cabala. Um dos livros que constituem a Cabala chama-se Sepher-Ha-Zohar, ou Livro da Luz. Esse livro foi escrito pelo rabino Simão e seu filho Eliezer, que ficavam enterrados sentados, com terra até o pescoço, durante 12 anos. Enquanto estavam nessa terrível condição física, "meditavam" na lei sagrada e freqüentemente eram visitados pelo grande profeta Elias. (Nesta Webster, Secret Societies, pág. 8) O apóstolo Paulo estava certo quando advertiu, em 2 Coríntios 11:14-15, que Satanás e seus anjos transformam-se em anjos de luz e em ministros da justiça para conseguirem enganar os homens. Um dos pontos mais comuns entre as falsas religiões é que o texto original da revelação foi dado ao fundador por um anjo de luz. Por exemplo, Maomé (Islamismo) e Joseph Smith (Mormonismo) receberam suas "novas" revelações de um anjo de luz.

Assim, o sacerdócio judaico começou a formular um plano para colocar todo o povo em servidão espiritual e física, criando esse sistema duplo do Talmude público e da Cabala secreta. Os ensinos do Talmude público escravizavam o povo com quase 1.000 regras para a vida no dia a dia e começou a afastá-los da verdade espiritual que Deus revelou a Moisés. Assim, o primeiro requisito de uma sociedade secreta foi cumprido, o de esconder a verdade do povo, parcialmente por fabricação e parcialmente pelos acréscimos feitos à lei mosaica original.

Os ensinos secretos da Cabala eram realmente satânicos. Alguns autores admitem que esses ensinos eram para propósitos "mágicos". Um autor crítico da Cabala escreveu que ela é "um veneno sutil que entra nas veias do judaísmo e infecta tudo" (Theodore Reinach, citado por Nesta Webster em Secret Societies, pág. 9) Salomon Reinach chama a Cabala de "a pior aberração da mente humana". Além disso, a Cabala influenciou significativamente as crenças e a direção de muitas sociedades secretas européias, estabelecidas nos séculos posteriores. Essa influência foi tão profunda que muitas sociedades secretas não-judaicas assumiram características judaicas.

Como Satanás é o "príncipe deste mundo", tem o poder de fazer prosperar aqueles que seguem sua liderança. Essa é a isca que atraiu aqueles líderes religiosos judeus às propriedades místicas e mágicas inerentes da Cabala. Aqueles líderes prosperaram grandemente. Embora Israel sofresse sob o domínio de reinos gentílicos, como Grécia e Roma, os sacerdotes judeus ganharam certa autonomia que lhes permitia virtualmente dominar de forma ditatorial sobre os cidadãos judeus. Ademais, o cidadão comum simplesmente não compreendia que os líderes religiosos tinham imposto sobre eles um sistema que os colocava sob um jugo de servidão, ao mesmo tempo em que elevava os líderes a posições de grande poder e de riqueza. A ignorância era tão grande que o cidadão mediano admirava e honrava aqueles líderes religiosos que o oprimiam.

Agora, vamos examinar os fariseus, a maioria dos quais era membro da Cabala, usando as cinco características comuns que já mencionamos antes. Veremos também as passagens pertinentes no Novo Testamento para ajudar na nossa compreensão. Você ficará chocado com os novos significados dessas famosas passagens bíblicas, agora que compreende que os fariseus que conceberam e executaram o plano para matar Jesus eram membros da sociedade secreta chamada Cabala, e agora que compreende que Jesus estava falando diretamente aos membros dessa sociedade secreta.

Os fariseus possuíam:

1. Orgulho arrogante

"E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado. Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que fechais aos homens o reino dos céus; e nem vós entrais nem deixais entrar aos que estão entrando.[Mateus 23:12-13].

Uma das características das sociedades secretas é que enganam o povo comum sobre a verdade fundamental, especialmente a verdade de como obter a salvação eterna; em vez disso mantêm essa verdade para si mesmos, como uma forma de poder e de privilégio. Jesus falou diretamente sobre essa terrível situação em Lucas 11:52:

"Ai de vós, doutores da lei, que tirastes a chave da ciência; vós mesmos não entrastes, e impedistes os que entravam."

Os intérpretes da lei conheciam a verdade simples que Deus tinha criado para as pessoas serem salvas por toda a eternidade e para desenvolver o amor a ele. Entretanto, eles escondiam essa verdade simples do povo, impondo o sufocante sistema de regras para a vida diária que Jesus tanto criticou. Esses fariseus estavam deliberadamente enviando populações inteiras de judeus para o inferno, pois tinham escondido a verdade deles. É por isso que Jesus os criticou com tanta severidade. Veja, Satanás convenceu aqueles fariseus que todo judeu iria para o céu de qualquer forma, simplesmente por serem judeus; portanto, eles acreditavam que não fazia muita diferença para a vida eterna aquilo em que eles criam. Os fariseus mantinham o poder terreal e o prestígio mais firmemente em suas mãos por meio desse engano espiritual.

2. Os fariseus desenvolveram dupla personalidade

"Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos, e de toda imundícia. Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade."

[Mateus 23:27-28].

Aqui Jesus está falando claramente da dupla personalidade do membro da sociedade secreta. Os fariseus tinham inteligente e eficientemente escondido a existência dessas crenças satânicas do povo comum, mas não podiam escondê-las dos olhos oniscientes de Jesus Cristo.

3. Os fariseus desenvolveram sistemas complexos de ensino oral e ensinavam o povo judeu a reverenciá-los

"Então chegaram ao pé de Jesus uns escribas e fariseus de Jerusalém, dizendo: Por que transgridem os teus discípulos a tradição dos anciãos? pois não lavam as mãos quando comem pão. Ele, porém, respondendo, disse-lhes: Por que transgredis vós, também, o mandamento de Deus pela vossa tradição?... Hipócritas, ...[Mateus 15:1-9].

Jesus está claramente falando contra o mal que a sociedade secreta dos fariseus tinha perpetrado contra o povo judeu, de criar tradição oral supostamente igual ao ensino escrito de Deus e, na verdade, contradizia a palavra escrita de Deus. As pessoas simples não compreendiam como tinham sido enganadas, pois não possuíam a palavra escrita de Deus. Os fariseus tinham a palavra escrita de Deus e a guardavam para si mesmos. Nós o encorajamos a ler atentamente Mateus 15:1-20, entendendo que Jesus está falando aqui principalmente contra os ensinos e a prática da sociedade secreta satânica. Jesus declara repetidamente que os fariseus vão para o inferno. Ele não mede suas palavras. Em duas ocasiões, Jesus descreveu os fariseus como "víboras", um sinônimo de "serpentes". Logicamente, sabemos que a serpente é consistentemente utilizada na Bíblia como um dos nomes de Satanás. Mas, Jesus não deixa espaço para erro nesse assunto, para que não deixemos de perceber que os fariseus não eram simplesmente pecadores. Em João 8:44, Jesus diz que o pai dos fariseus era o diabo. Ele não disse isso a nenhuma outra classe de pessoas. Ele sempre teve compaixão dos pecadores; a razão pela qual o Senhor Jesus foi tão severo com os fariseus é que Ele sabia que estavam adorando Satanás por meio da participação na sociedade secreta, a Cabala.

4. Os fariseus acreditavam que o homem é inerentemente bom

Como os fariseus acreditavam que o homem é inerentemente bom, desenvolveram um sistema de salvação baseado em obras. Esse sistema de obras foi mais tarde chamado de Talmude; no entanto, Jesus chamou isso de "tradições dos homens". A Bíblia ensina claramente que o coração do homem é inerentemente mau; portanto, não há nenhum modo de o homem praticar boas obras para remir-se completamente de seus pecados. Jesus não deixou dúvidas que os fariseus tinham inventado esse sistema de obras. Toda vez que Ele critica "as tradições dos homens", está falando sobre esse falso ensino religioso que a salvação pode ser obtida por meio das boas obras. Sempre que você encontrar Jesus dizendo "Vós dizeis... mas eu digo...", Ele normalmente está tratando dessa questão das obras relacionadas com a salvação.

5. Os fariseus aguardavam o rei/remidor prometido

Tanto os estudiosos pagãos e judeus estavam esperando o aparecimento de um rei Messias para levar a humanidade a uma nova luz espiritual e a uma nova prosperidade material. No entanto, os pagãos das sociedades secretas estavam esperando um Remidor Prometido que era muito diferente daquele anunciado na Bíblia. Agora que sabemos que os fariseus que se opuseram vigorosamente a Jesus Cristo e que planejaram sua morte eram membros de uma sociedade secreta satânica, a Cabala judaica, estamos prontos para uma revelação mais chocante ainda. No entanto, isso precisará esperar até nosso próximo programa de rádio, quando discutiremos as ramificações das crenças das sociedades secretas ocultistas a respeito de Jesus Cristo em nossos líderes e na sociedade atual. Sintonize este programa na próxima semana e convide um amigo para ouvir também.

Dê um clique aqui para ler a Parte 2


A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

http://www.espada.eti.br/ce1077.asp

 

 

newline oportal

 

Editoriais

As taças da ira de Deus  estão prestes a se derramarem sobre a terra! 

Quero fazer um breve relato sobre esta chamada em "Flash”, visto que não vejo a necessidade de escrever um artigo específico sobre o título, bem como também não vou citar referências bíblicas que corrobore com este assunto.

 

Os elementos ardendo  

em breve se fundirão!

Cuidado!

Um corpo terrestre, 

se chocará contra a terra e 

causará repentina destruição. 

 

Leia Mais imagem

 

A falsa doutrina do pré-tribulacionismo  

Qual biblicamente é a mais viável para você? A Meso-tribulação [Arrebatamento no meio da tribulação] ou a Pós-tribulação? [Arrebatamento depois da tribulação] Em qual delas acontecerá o Arrebatamento da Igreja! Será antes da tribulação? Reflita! Leia Mais  imagem

 

 

  Reflexão do O Portal

         2013

O oitavo Rei foi eleito.

A besta que era e já não é, é também o  oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição Apocalipse cap. 17 - 11.

E o sangue de muitos inocentes ainda haverá de ser derramado.              

Guerreiros feridos são condecorados com Láureas de sangue.

Os soldados do Exército do Rei dos Reis, porém herdarão uma coroa de ouro, e a vida eterna.

A Nova Ordem Mundial está chegando e virá para cumprir o seu dever a rigor.

Quem quiser se livrar dela terá que aceitar a sua marca. 6 6 6 em troca da sua alma.

Revelação 13. 1 – Vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] 7. Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. “Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”

Yeshua.

 O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que  isto lhe custar a própria vida.

"Permaneça fiel até a morte, e Eu lhe darei a Vida como Coroa. Revelação 2.10.

Yeshua".

 

Leia o Artigo: O sétimo milênio e o fim da humanidade.

Oriente-se.

 

Por: Cornelio A.Dias

Março de 2013.

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 TAUEZEQ94_tsp.png

 

 

 

  Ler um   é:

Armazenar Informações;

Desenvolver a Intelectualidade;

Ampliar os Horizontes;

Compreender o Mundo;

Comunicar-se com o Próximo;

Escrever Corretamente;

Relacionar-se melhor com o Outro!

 Ler uma  é:

Armazenar Ensinamentos;

Desenvolver o Conhecimento;

Ampliar a Espiritualidade;

Compreender a DOUTRINA;

Comunicar-se com JESUS

Escrever a VERDADE;

Relacionar-se melhor com DEUS. 

IMAGEM TEXTO

Ore conosco ao som de belos louvores;

Chore aos pés feridos do Pai!

A tristeza logo passa, não demora.

Ele vos envolve e vos consola, 

Em seus braços, faz-vos descansar.

O Portal

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

clique aqui em:

Bíblia Online e Seleção de Louvores

e deixa Deus falar ao seu coração!

IMAGEM TEXTO

 

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png  

 

 

 Leia Mais imagem 


Com: Paz seja convosco
Graça e Paz
A Paz do Senhor
Paz da parte... do Senhor
Paz de Deus
Shalom
Shalom Adonai
Bom dia; Boa Tarde; Boa Noite Irmão
Nenhuma da anteriores

Feedjit

 

Download

Descrição:

Bíblia Sagrada Digital

MediaFire – Down

 Jogo Show do Cristão

MediaFire – Down

Biblia Sagrada + jogo show do cristão + caminho estreito

MEGA – Down 

topo