Translate this Page

Rating: 2.0/5 (3231 votos)




ONLINE
2




Partilhe esta Página





Busca OPortal

Clique⇒ mapa do site avançado
           Buscar no freefind

Email OPortal

 

oportal@oportaldateologia.org

cornelio.a.dias@oportaldateologia.org

 


https://files.comunidades.net/oportaldateologia/setad.gifÚltimas Edições

 

1. A emergente reascensão da escatologia. Leia

2. O que é o id 2020? O ID2020 é a Marca de Besta? Leia

3. As máscaras o covid-19 e a engenharia social Leia

4. Teoria da Conspiração e o humano QR-Code Leia

5. O Mundo pós-covid Projeto diabólico Leia

6. Como será a vida no futuro Leia

7. Admirável mundo novo Leia 

 


 

A santificação sob a perspectiva da bíblia-introdução: Aqui

 

 Edição em destaque

 

Parte Final

 

 

 

Leia

atualização de 31/12/2020  

Ychzek'el

 

9.  3 - 4

3: Então a Glória do começou a se levantar sobre o Keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa.

Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura. 

O Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o Keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. 

 

Ezequiel  

 

9.  4. 

Adonai lhe disse "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".    


Desamarre as minhas mãos
Desamarre as minhas mãos

Desamarre as minhas mãos

 

 

 Abe Huber  

 

“E disseram-lhe: Descemos para te amarrar e te entregar nas mãos dos filisteus. Então Sansão lhes disse: Jurai-me que vós mesmos não me acometereis. E eles lhe falaram, dizendo: Não, mas fortemente te amarraremos, e te entregaremos nas mãos deles; porém de maneira nenhuma te mataremos. E amarraram-no com duas cordas novas e fizeram-no subir da rocha. E, vindo ele a Lei, os filisteus lhe saíram ao encontro, jubilando; porém o Espírito do Senhor poderosamente se apossou dele, e as cordas que ele tinha nos braços se tornaram como fios de linho que se queimaram no fogo, e as suas amarraduras se desfizeram das suas mãos” (Juízes 15.12-14).

 

O texto acima mostra uma história tremenda da guerra espiritual que acontece entre Deus o diabo, entre nós e os espíritos malignos. O diabo oferece constante afronta contra Deus, e o faz atacando principalmente os santos, mas também a humanidade como um todo. Prova disso são os estupros, as torturas contra mulheres e crianças indefesas, a escravidão de seres humanos, etc..

 

No relato, os filisteus vieram com fúria contra Judá. Os filisteus dominavam sobre Judá. E assim 3000 dos homens de Judá foram ao encontro de Sansão numa caverna. Os líderes da tribo queriam evitar conflitos contra os filisteus, por isso decidiram lhes entregar Sansão. O inimigo queria Sansão, pois ele representava a ameaça, a força, o representante da unção de Deus contra eles, apesar de algumas debilidades de caráter naquele juiz de Israel.

 

Os filisteus simbolizam o mundo, o pecado. Cada vez que nós não compartilhamos os seus pecados, seus valores distorcidos, eles ficam contra nós. Neste sentido, não pode haver convivência pacifica entre os filisteus e o povo de Deus.

 

Os homens de Judá entregando um dos seus, seu próprio líder, denota falta de unidade, de companheirismo, de senso de trabalho compartilhado. Às vezes somos mais paralisados ou impedidos de avançar pelos de perto, pelos que deveriam ser amigos, suporte, apoiadores, do que pelos inimigos de fora.

 

Sansão estava contra os filisteus e estes contra ele. A luta é feroz. Se já entregamos a vida para Jesus, querendo ou não nós entramos numa guerra. Ela pode ser contras nós, diretamente, mas pode ser através dos nossos filhos, colegas de trabalho, de escola. Os homens de Judá eram os homens sobre quem Sansão presidia. Mesmo assim esses homens foram usados para amarrar e tentar entregar o seu líder. Mas uma coisa é certa: o diabo não dá conta de nos amarrar! Se estivermos cheios do Espírito Santo, nós vamos continuar sendo mais que vencedores.

 

Alguns reclamam de problemas financeiros.  Nem sempre é falta de dinheiro, mas é porque eles não sabem administrar o dinheiro que têm. Outros reclamam porque não têm nenhum dinheiro. Existe muito dinheiro e muitos bens por aí, apenas a espera que os crentes desenvolvam ideias criativas de como adquiri-los. Alguns reclamam porque trabalham demais e não tem tempo para nada. Outros reclamam porque não têm nada para fazer.

 

Quando o inimigo atacar, não devemos chorar. Devemos entender os princípios da guerra. A guerra não é justa, e o diabo não é justo com ninguém. E muitas vezes ele vai usar as pessoas bem próximas a nós. Os homens de Judá foram conversar, bater papo com o inimigo. Foi assim que Eva fez no Jardim do Éden. Não podemos evitar que o inimigo fique jogando pensamentos em nossa mente, mas não podemos entretê-los, alimentá-los.

 

Pais e mães, devemos checar o que os nossos filhos assistem ou acessam. Devemos saber com quem eles estão conversando. Devemos saber o que está ocupando o primeiro lugar nas suas mentes e corações.

 

Não podemos acreditar que o diabo cuida da turma dele melhor do que Deus cuida dos Seus. Por exemplo, os traficantes, ladrões, donos de motel, estão movimentando muito dinheiro. Por que os filhos de Deus não podem ser abençoados, prósperos e saudáveis?

 

Não aceite que você foi feito para viver sempre na favela, ou que você nunca vai vencer determinados pecados. Eles dizem que não vai dar certo. Você deve cercar-se de amigos que vão encorajar sua fé, que vão estimulá-lo, colocá-lo para cima, dizerem que vai dar certo e contribuírem para isto. Não aceite as mentiras do diabo que o colocam para baixo ou que tentam fazê-lo enveredar por caminhos errados.

 

Podemos encontrar um exemplo de pessoas amarradas no meio do fogo nos três amigos de Daniel. O fogo nem os chamuscou, apenas queimou as amarras, e eles passeavam livres dentro do fogo. Mesmo que sejamos jogados dentro da fornalha acesa, ela servirá para realçar a bênção e a presença do Quarto Homem, Jesus, o Filho de Deus.

 

Lázaro estava todo enfaixado. Quando ele ouviu a voz de Jesus na entrada do túmulo, um milagre aconteceu na sua vida – ou talvez melhor seria dizer, na sua morte. Ele ressuscitou imediatamente. Mas ele ainda estava enfaixado. Ainda estava amarrado nas faixas e panos. Que disse Jesus para os parentes e amigos? “Desatai-o e deixai-o ir!” (João 11.44).

 

Quando Sansão, todo amarrado, viu os filisteus vindo contra ele, veio sobre ele a unção de Deus e as amarras caíram por terra como se estivessem queimadas, como nada. A unção foi tão grande que ele pegou uma queixada de jumento e com ela matou 1000 homens. A unção de Deus sobre a vida de um homem Seu servirá para desamarrar as suas mãos, trazer revelação e desvendar possibilidades de recursos infinitos.

 

O verso 16 de Juízes 15 fala de “montões sobre montões…” Sansão não matou todos de uma vez. Com certeza ele foi abatendo-os aos poucos. E à proporção que ele lutava, os montões iam se acumulando atrás dele. O grande segredo era que o Espírito do Senhor se apoderava dele.

 

Cheio do Espírito Santo, você entende que a guerra é sobrenatural. Não é contra as pessoas que nos rodeiam, mas contra as hostes espirituais da maldade. Não devemos pagar mal por mal, nem nos vingar das pessoas. Talvez a derrota dos mil não durou cinco minutos. Talvez foram horas e horas, mas ele venceu.

 

Paulo e Silas também estavam presos e amarrados no cárcere. Era meia noite, o momento mais escuro. Mas esse é o momento de louvar a Deus, de glorificar a Jesus. E quando eles o fizeram, as correntes caíram, a cela toda tremeu, todas as portas se abriram, e as mãos e os pés de todos os prisioneiros foram soltos! (Atos 16.26).

 

Hoje podemos fazer diferente dos homens de Judá. Em vez de amarrar as mãos e os pés de nossos líderes, de nossos liderados, de nossos discípulos, devemos desamarrá-los. Isto significa ajudá-los a cumprir o seu papel no Reino. Significa ajudá-los a vencer suas dificuldades, pecados e limitações. Significa lutarmos juntos, e não contra. Significa não fazer acordos e alianças com o inimigo. O discipulado é uma das maneiras mais poderosas e eficientes de desatar mãos e fazê-las aptas para o combate e para a vitória.

 

Não podemos aceitar pacificamente o domínio do mal, do pecado, do diabo e seus ditames sobre a nossa vida, nossa família, nossa igreja e sobre a sociedade ao nosso redor. Deus pode nos “armar” com as armas mais inusitadas e improváveis, como uma queixada de jumento. Isto prova que a vitória não vem da arma que temos nas mãos, mas do Espírito que move o nosso coração e ativa as nossas mãos.

 

 

Imagem:  1 https://www.avoiceformen.com/feminism/government-tyranny/the-secret-war/

 

http://www.revistamda.com/desamarre-as-minhas-maos/

 

 

              

 

 

newline oportal

is lidas 2021-22

1. A Porta da Salvação. Leia

2. O Pão nosso de cada dia. Leia

3. Televisão: O olho mágico da besta. Leia

4. O que é heresia? Leia

5. Tecnologia 5G e o olho que tudo Vê. Leia

6. A era da sociedade charagma. Leia

7. Plano dos Illuminati rumo a Nova Ordem Mundial.  Leia

8. A chegada não reconhecida do falso profeta. Leia

9. Nova Ordem Mundial conforme a Bíblia. Leia

10. O que é o Anticristo? Quem será Ele? Leia

11. O anticristo conforme a bíblia. Leia

12. Como será a vida no futuro: Leia

Destaque OPortal

A chamada no gif abaixo visa alertar sobre um grave evento que vai acontecer:

São elementos ardentes que se fundirão sobre terra: Cuidado!

Os corpos celestes explodirão sobre a atmosfera e cairá sobre a terra como chuva de pedras fogueadas. Haverá terrível destruição.

Tema Central d'OPortal

Leia

A falsa doutrina da pré-tribulação

Link

Questione-se: 

Conforme cita a bíblia qual é das doutrinas a que julga ser a mais viável pra você  biblicamente? 

Mezo-tribulação 

A Igreja será arrebatada ou não no meio da tribulação?

Pós-tribulação   

Em qual delas a Igreja de Cristo vai ser elevada?

Pré-tribulação  

A Igreja ela não verá este juízo que  virá sobre a face da  terra.

Qual é a certeza de que não vai estar aqui neste dia mais terrível da humanidade ?

Reflexão 

O Portal

 texto flutuante

  

       


Reflexão!

2013 - 2022

O oitavo rei

A besta do mar conforme Ef: 6 - 11 - 13.

faz referência às duas hierarquias do mal que domina o mundo físico e espiritual desde a origem do pecado no Éden. São eles os “Principados” que são as ordens celestiais malignas superiores constituídas por demônios de todas as hierarquias ou seja; é uma casta formada pelos seres que eram angelicais e foram lançados na terra quando o querubim Lúcifer intentou usurpar o trono de Deus; eles são miríades ou legiões enquanto que as "Potestades" são classes humanas de Governantes que governam os países do mundo sob o domínio secular de controle espiritual total do demônio; como por exemplo o falso profeta que é a besta do mar e o anticristo a besta da terra e os demais reis tirânicos existentes!

O sangue inocente "do cristão" ainda terá que ser derramado até que o último fiel seja morto na terra por servir a Deus em Jesus Cristo conforme registra

Apocalipse 6:9-11: que diz:

9: E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram.

10: E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?

11: E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e seus irmãos, que hão de serem mortos eles como eles foram.

São soldados do Rei dos Reis todos aqueles que pela sua fé em Cristo forem perseguidos e mortos no mundo pelo exército de satanás nesta antiga batalha espiritual entre o bem e o mal; por não se prostrarem diante das potestades da terra prestando lhes adoração e submissão total as suas leis, que são: 2 Coríntios 4: 4!

Os fiéis são os guerreiros que serão presos; feridos ou mortos nesta guerra espiritual secular que virá com força total sobre a terra contra os soldados do Deus altíssimo.

Os que forem mortos; estes não vão ser laureados com medalhas de sangue como fazem os exércitos seculares; "nós" os que provarmos o dano da primeira morte na terra; vamos receber uma Coroa de Glória com os nossos nomes gravados nelas e reinaremos com Cristo por toda a eternidade; na Nova Jerusalém que descerá do céu e ocupará o espaço desta terra pois ela será lançada no lago de fogo e enxofre no Juízo Final após o governo milenar de Cristo aqui no mundo; por toda eternidade!

A Nova Ordem Mundial através do Falso Profeta já está em plena e intensa atividade e teve inicio em 2013 cumprindo seu dever a rigor. A sua marca já está sendo aceita é voluntariamente por muitos nos países no mundo e já estamos no tempo em ela vai ser obrigatória para todos!

E quem quiser livrar-se "desta lei que será a pior perseguição que já houve terá que aceitar a marca para poder comprar ou vender e ter a liberdade em troca pela sua alma!

Revelação 13. 1 – E vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”“.

O oitavo rei ele é a besta do mar o falso profeta do em Apocalipse 18:2 que assumiu o trono da perdição em 2013 cujo; é a Babilônia “espiritual”. O número que ele simboliza é o: 6 6 6.

O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que isto venha lhe custar à sua própria vida.

Oriente-se.

Março de 2013 ⇔ 2022

Por:Cornelio A.Dias

Março de 2013. 2022

 https://www.dailymotion.com/video/x6e2rcw

 https://www.dailymotion.com/oportaldateologia

Pré-tribulação

O futuro do mundo

Nas Mãos Do Governo

Documentário 

Aqui

Pré-tribulação

Aqui

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

 

 

Clique aqui em:

 

 

Bíblia Online e Seleção de Louvores

 

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png  

 

 

 

IMAGEM TEXTO