Translate this Page

Rating: 2.0/5 (3193 votos)




ONLINE
4




Partilhe esta Página





Busca OPortal

Clique⇒ mapa do site avançado
           Buscar no freefind

Email OPortal

 

oportal@oportaldateologia.org

cornelio.a.dias@oportaldateologia.org

 


https://files.comunidades.net/oportaldateologia/setad.gifÚltimas Edições

 

1. A emergente reascensão da escatologia. Leia

2. O que é o id 2020? O ID2020 é a Marca de Besta? Leia

3. As máscaras o covid-19 e a engenharia social Leia

4. Teoria da Conspiração e o humano QR-Code Leia

5. O Mundo pós-covid Projeto diabólico Leia

6. Como será a vida no futuro Leia

7. Admirável mundo novo Leia 

 


 

A santificação sob a perspectiva da bíblia-introdução: Aqui

 

 Edição em destaque

 

Parte Final

 

 

 

Leia

atualização de 31/12/2020  

Ychzek'el

 

9.  3 - 4

3: Então a Glória do começou a se levantar sobre o Keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa.

Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura. 

O Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o Keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. 

 

Ezequiel  

 

9.  4. 

Adonai lhe disse "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".    


Maçonaria e Judaísmo - relação estreita
Maçonaria e Judaísmo - relação estreita

Desmascarar a maçonaria é vencê-la, disse Leão XIII

 

 

Maconaria e JudaismoO primeiro Conselho Supremo da maçonaria foi constituído em 31 de maio de 1801, em Charleston, grau 33 de latitude norte, sob a presidência do judeu Issac Long, feito Inspetor Geral pelo judeu Moisés Cohen, que havia recebido seu grau em Spitzer, de Hyes, de Franken e do judeu Morin.

Eram, pois, judeus, os fundadores do primeiro Grande Conselho que havia de converter-se no centro da maçonaria cosmopolita. E o situaram nos EUA, em uma cidade escolhida precisamente no grau 33 de latitude norte. O Chefe Supremo vivia desde 1801 em Charleston. Este chefe era Albert Pike.

Os ritos e símbolos da maçonaria e outras sociedades secretas recordam constantemente a cabala e o judaísmo: a reconstrução do Templo de Salomão, a estrela de David, o selo de Salomão, os nomes dos diferentes graus, como por exemplo: cavalheiro Kadosh ("Kadosh" em hebraico significa santo), Príncipe de Jerusalém, Príncipe do Líbano, Cavalheiro da Serpente de Airain etc.) Finalmente, a maçonaria escocesa se servia da era judaica; por exemplo, um livro do maçon americano Albert Pike escrito em 1881, está datado de 'anno mundi 5641'.

O rabino Benamozegh escreveu o que se segue:

"Os que quiseram ter o trabalho de examinar cuidadosamente as questões das relações entre o judaísmo e a franco-maçonaria filosófica, a teosofia e os mistérios em geral, perderão um pouco de seu soberbo desdém pela cabala. Cessarão de rir depreciativamente diante da idéia que a teologia cabalística pode ter uma missão que cumprir na transformação religiosa do porvir".

Na carta de Colônia escrita em 24 de junho de 1535 falava de um diretor da maçonaria: o Grande Mestre Patriarca que ainda conhecido por muitos poucos irmãos existia; e Gougenot des Mousseaux indica que "esta seleção da ordem, estes chefes efetivos que muito poucos iniciados conhecem, funcionam nas proveitosa e secreta dependência dos cabalistas israelitas", e que os verdadeiros chefes da maçonaria são "os amigos, os auxiliares, os vassalos do judeu a quem acatam como soberano senhor".

O ritual maçônico tem evidente origem judaica: os símbolos, começando pela mesma bíblia, o escudo de armas, em que se trata de empregar heraldicamente as várias formas dos querubins descritos na segunda visão de Ezequiel, um boi, um homem, um leão e uma águia, as duas colunas do templo maçônico, recordam o templo de Salomão; a reconstrução do templo, que é a obra maçônica etc.

As lendas e catecismos, tomados em grande parte da bíblia, tergiversam quase sempre ao saber maçônico, especialmente a lenda de Hiram, que tão importante papel desempenham no ritual maçônico. As palavras usuais, como os nomes das colunas, as palavras de reconhecimento, os passes etc. A importância que se dá aos números, coisa muito própria da cabala, também é outro testemunho da influência cabalística na maçonaria.

Finalmente, os feitos, o reinado de terror, a explosão de ódio satânico contra a Igreja, contra Nosso Senhor Jesus Cristo, as horríveis blasfêmias em que prorrompiam os revolucionários maçons da França, não são mais do que a expressão e o cumprimento das aspirações das seitas cabalísticas e secretas que durante tantos séculos vinham trabalhando secretamente contra o cristianismo. O que os bolchevistas, os judeus em sua maioria, faziam na Rússia contra o cristianismo, não era nada mais do que uma reedição do que fizeram os maçons na Revolução Francesa.

Os primeiros onze graus da maçonaria (do rito escocês) são destinado a transformar o profano em "homem verdadeiro", no sentido maçônico; a segunda série que vai do grau 12 ao 33 há de consagrar ao Pontífice "Rei judeu" ou "imperador cabalístico".

O que surpreende ao novato adepto de uma loja é o carater judaico de tudo que nela encontra. Desde o grau um até o 30 não ouve falar senão da "Grande Obra" de reconstruir o Templo de Salomão, do assassinato do arquiteto Hiram-Abiff, das colunas Boaz y Jakim (III Rs VII, 21), da multidão de palavras sagradas hebraicas e da Era Judaica, diferenciada por 4 mil anos da nossa, para não honrar o nascimento do divino Salvador.

Por destrás de ter estabelecido firmemente a maçonaria nos diversos países cristãos, os judeus se asseguraram do predomínio dos Grandes Orientes em número e influência. Por outro lado, estabeleceram grande número de lojas formadas exclusivamente por judeus. Já antes da Revolução de 1789, os irmãos Von Ecker y Eckhoffen haviam fundado em Hamburgo a "Loja de Melquisedec", reservada a judeus.

Os hebreus Von Hirschfeld y Cotter criaram em Berlim ao final do século XVIII a "Loja da Tolerância", com o fim de aproximar por meio da maçonaria os cristãos e os judeus.

Os dogmas da maçonaria são os da Cabala judaica e em particular do seu livro Zohar (luz). Na maçonaria é visível uma grande e especialíssima consideração pelos judeus: quando se fala de superstições jamais se menciona a religião judaica.

Quando estourou a Revolução Francesa, se pediu com insistência a cidadania francesa para os judeus; rechaçada uma vez, se insistiu a pedi-la, e foi concedida. naquele tempo, ao mesmo tempo, se perseguia até a morte os católicos.

http://judaismoemaconaria.blogspot.com.br/2005/07/maonaria-e-judasmo-relao-estreita.html

 

 

newline oportal

is lidas 2021-22

1. A Porta da Salvação. Leia

2. O Pão nosso de cada dia. Leia

3. Televisão: O olho mágico da besta. Leia

4. O que é heresia? Leia

5. Tecnologia 5G e o olho que tudo Vê. Leia

6. A era da sociedade charagma. Leia

7. Plano dos Illuminati rumo a Nova Ordem Mundial.  Leia

8. A chegada não reconhecida do falso profeta. Leia

9. Nova Ordem Mundial conforme a Bíblia. Leia

10. O que é o Anticristo? Quem será Ele? Leia

11. O anticristo conforme a bíblia. Leia

12. Como será a vida no futuro: Leia

Destaque OPortal

A chamada no gif abaixo visa alertar sobre um grave evento que vai acontecer:

São elementos ardentes que se fundirão sobre terra: Cuidado!

Os corpos celestes explodirão sobre a atmosfera e cairá sobre a terra como chuva de pedras fogueadas. Haverá terrível destruição.

Tema Central d'OPortal

Leia

A falsa doutrina da pré-tribulação

Link

Questione-se: 

Conforme cita a bíblia qual é das doutrinas a que julga ser a mais viável pra você  biblicamente? 

Mezo-tribulação 

A Igreja será arrebatada ou não no meio da tribulação?

Pós-tribulação   

Em qual delas a Igreja de Cristo vai ser elevada?

Pré-tribulação  

A Igreja ela não verá este juízo que  virá sobre a face da  terra.

Qual é a certeza de que não vai estar aqui neste dia mais terrível da humanidade ?

Reflexão 

O Portal

 texto flutuante

  

       


Reflexão!

2013 - 2022

O oitavo rei

A besta do mar conforme Ef: 6 - 11 - 13.

faz referência às duas hierarquias do mal que domina o mundo físico e espiritual desde a origem do pecado no Éden. São eles os “Principados” que são as ordens celestiais malignas superiores constituídas por demônios de todas as hierarquias ou seja; é uma casta formada pelos seres que eram angelicais e foram lançados na terra quando o querubim Lúcifer intentou usurpar o trono de Deus; eles são miríades ou legiões enquanto que as "Potestades" são classes humanas de Governantes que governam os países do mundo sob o domínio secular de controle espiritual total do demônio; como por exemplo o falso profeta que é a besta do mar e o anticristo a besta da terra e os demais reis tirânicos existentes!

O sangue inocente "do cristão" ainda terá que ser derramado até que o último fiel seja morto na terra por servir a Deus em Jesus Cristo conforme registra

Apocalipse 6:9-11: que diz:

9: E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram.

10: E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue dos que habitam sobre a terra?

11: E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e seus irmãos, que hão de serem mortos eles como eles foram.

São soldados do Rei dos Reis todos aqueles que pela sua fé em Cristo forem perseguidos e mortos no mundo pelo exército de satanás nesta antiga batalha espiritual entre o bem e o mal; por não se prostrarem diante das potestades da terra prestando lhes adoração e submissão total as suas leis, que são: 2 Coríntios 4: 4!

Os fiéis são os guerreiros que serão presos; feridos ou mortos nesta guerra espiritual secular que virá com força total sobre a terra contra os soldados do Deus altíssimo.

Os que forem mortos; estes não vão ser laureados com medalhas de sangue como fazem os exércitos seculares; "nós" os que provarmos o dano da primeira morte na terra; vamos receber uma Coroa de Glória com os nossos nomes gravados nelas e reinaremos com Cristo por toda a eternidade; na Nova Jerusalém que descerá do céu e ocupará o espaço desta terra pois ela será lançada no lago de fogo e enxofre no Juízo Final após o governo milenar de Cristo aqui no mundo; por toda eternidade!

A Nova Ordem Mundial através do Falso Profeta já está em plena e intensa atividade e teve inicio em 2013 cumprindo seu dever a rigor. A sua marca já está sendo aceita é voluntariamente por muitos nos países no mundo e já estamos no tempo em ela vai ser obrigatória para todos!

E quem quiser livrar-se "desta lei que será a pior perseguição que já houve terá que aceitar a marca para poder comprar ou vender e ter a liberdade em troca pela sua alma!

Revelação 13. 1 – E vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”“.

O oitavo rei ele é a besta do mar o falso profeta do em Apocalipse 18:2 que assumiu o trono da perdição em 2013 cujo; é a Babilônia “espiritual”. O número que ele simboliza é o: 6 6 6.

O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que isto venha lhe custar à sua própria vida.

Oriente-se.

Março de 2013 ⇔ 2022

Por:Cornelio A.Dias

Março de 2013. 2022

 https://www.dailymotion.com/video/x6e2rcw

 https://www.dailymotion.com/oportaldateologia

Pré-tribulação

O futuro do mundo

Nas Mãos Do Governo

Documentário 

Aqui

Pré-tribulação

Aqui

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

 

 

Clique aqui em:

 

 

Bíblia Online e Seleção de Louvores

 

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png  

 

 

 

IMAGEM TEXTO