Translate this Page
Arrebatamento
Você acha que o Arrebatamento da Igreja será:
No meio da Tribulação
Depois da Tribulação?
Durante a Tribulação
Antes da Tribulação?
Não sei responder!
Ver Resultados


Rating: 2.1/5 (470 votos)




ONLINE
1




Partilhe este Site...





O Portal da Teologia 

Indice Mapa do Site Avançado
Busca O Portal

 Ychzek'el [Ezequiel] 9.3-4

O PORTAL DA TEOLOGIA

A marca de Cristo. 

3. Então a Glória do Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura

4. Adonai lhe disse: "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".  

 Atenção: O Arrebatamento da Irmã Vilma - Assista aqui em [Vídeos e Nova Era] Cuidado com a sua Alma! 

 

Graça e Paz em Cristo → A todos os Leitores → Sejam bem vindos → No nome de Jesus!  Comentem os artigos → Iniciem discussões sobre os temas → O Moderador. 06.04.2014 

 
OPorTAU.png

Atualize o seu navegador - novo domínio 

http://www.oportaldateologia.org/ 

O Portal:

 

 

oportal@oportaldateologia.org 

cliqueimagem 

OPorTAU.png 

Pedido de Oração  

 

Por Gospel+ - Biblia Online

 

 

 


O Portal da Teologia autoriza a republicação de todos os artigos do site na íntegra, desde que cite a fonte de origem.  


O Poder do Logos
O Poder do Logos

   A mentirosa verdade que liberta   

Introdução:

 

 

Logos

 

O

Verbo: palavra, discurso. Palavra [unidade pertencente, unidade mínima], vocábulo. Origem: ponto inicial de uma ação ou coisa que tem continuidade no tempo e/ou no espaço; ponto de partida; procedência. O Logos (em grego λόγος, palavra). Na teologia cristã o conceito de Logos foi citado no Evangelho de João, onde o Evangelista se refere a Jesus Cristo como o Logos, isto é, A Palavra [Verbo]:

"No princípio era a Palavra [O Verbo], e a Palavra estava com Deus, e a Palavra é Deus" João 1:1[εν αρχη ην ο λογος και ο λογος ην προς τον θεον και θεος ην ο λογος]

Vemos que a expressão humanamente pensada difere da revelada. O poder da Palavra; a origem.

Antes de tudo existir, o Verbo subsistia. Subsistir significa [Ser] sem origem, é o principio, difere do [ser] porque não existe, nem foi criado.  

O radical da existência é a subsistência.

A partir do momento em que algo é criado, este começa a existir e partindo deste principio, subentende-se que tudo o que começa, acaba.

Todo inicio lógico, tem um fim conforme rege o princípio da finitude existencial. Sendo assim: [Ser] = subsiste # [ser] existe.

O primeiro é o principio o segundo a origem.

A questão: crie; produza; construa ou fabrique e [etc.], e após isto estude o desenvolver comportamental do produto iniciada a aplicação da sua funcionalidade; concluirá que: ele irá sofrer alteração estrutural na medida em que for desgastando em função do mecanismo para o fim pelo qual foi projetado; exposto ou não a alguma intervenção alheia, ele apresentará no decorrer do tempo, algum efeito relativo ao uso constante com alterações visíveis no seu radical existente, e a partir de então, o seu estado original, por interferência de fatores do meio alheio a sua propriedade circundante, reagirá a influencia deste meio, [fator externo] onde se situa, revelando a partir de então um processo degradante, que vai perdendo gradativamente a operacionalidade da sua estrutura original.

O corpo humano é um exemplo típico.

Toda a energia de um corpo jovem vai esvaindo-se gradativamente e conforme o tempo vai passando, a idade vai aumentando a debilidade vai surgindo, até que um dia aquele corpo não consegue mais manter reagir e os seus órgãos começam a deteriorar até sucumbi-lo, com a falência múltipla dos órgãos.

A vida se esvai e a alma deixa o corpo falecido, para a terra por fim encerrar o processo da consumação final.

Este processo é o obvio, não necessita estudo de causa e efeito, visto que tudo, animado ou inanimado reage ao efeito de alguma força reacionária, deteriorando-se automaticamente até sua destruição definitiva pelo desgaste causado pelo uso intenso.

A partir desta lógica venha comigo pensar sobre o que existe e porque; e em função de que;  com algo que subsiste, e onde vamos chegar neste raciocínio.

Para começarmos a entender a complexidade da subsistência, temos que analisar teoricamente o fator existência partindo do fim para o começo. Vou usar o marcador de tempo como por exemplo o relógio primitivo de areia.

Este objeto foi arquitetado e construído para permitir ao seu inventor calcular o espaço-tempo e descobrir como auferir o intervalo entre o ocaso e alvorecer; e com o passar dos inúmeros ocasos e alvoreceres o próprio tempo foi envelhecendo e destruindo aquele objeto criado para medir a sua extensão, bem como ocorreu com o seu inventor.

Ambos acabaram, porém o tempo continuou com a sua forma original sem ter sido alterado por eles.

Esta lógica da existência explica a razão da subsistência, definindo que aquele que é criado existe por certo período de duração, mas, para aquele que subsiste não há período de duração, ele é, sempre.

E quando algo não pode ter fim é porque dele emana uma força continua perene, que não sofre interrupção porque ela é plena e dinâmica em si mesma; e é aqui que eu queria chegar para tentar entender porque o termo: [palavra], perde a sua característica quando pensada humanamente, sendo que somente após ter sido revelada o seu significado, toda a compreensão de existência não era o principio das coisas, mas, sim a origem.

Partindo do principio de que a origem é finita não resta outra definição, a de que o principio é um poder, uma energia imanente, e se ele não pode ser dimensionado é porque ele é dinâmico está contido em si mesmo, isto é, ele está antes da origem de tudo, isto é; subsistia. Subsistia porque não teve começo, nem meio e nunca terá fim.

A primeira menção de algo desta extrema grandeza foi revelada por um Ser que transcende a natureza física das coisas; metafísico e dinâmico em si e o principio da origem, princípio, este, que é imanente por  que está inseparavelmente contido na natureza de um ser ou de um objeto; inerente.

Depois de descoberta a prova viva de um Ser subsistente em si, [Cristo], toda a existência foi compreendida, mesmo hoje ainda discutida.

Ele estava com o Pai no princípio, quando decidiram estabelecer a origem.Aquele que subsistia decidiu criar através do poder contido em si; A Sua Palavra, toda a origem das espécies existentes, e ainda fez revelar a sua personalidade criando depois de tudo, um protótipo semelhante a Ele, porém com menor grandeza, constituindo este [ser] alguém a sua imagem.

• Gn. 1 • A criação do céu e da terra e de tudo o que neles há. 

• 1. No princípio criou Deus os céus e a terra.

• 2. A terra era sem forma e vazia; e havia trevas sobre a face do abismo, mas o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas.

• 3. Disse Deus: haja luz. E houve luz. 

Quem é capaz de reconhecer esta verdade como absoluta e plena? Todos. 

O ultimo ser criado, depois de existir, recebeu uma porção mínima do poder do Ser Subsistente diferenciando e destacando-o dentre as demais outras criaturas, que é a centelha da eternidade que permitirá que ele não retorne mais a sua origem primaria após a sua degeneração.

O Verbo do principio revestiu uma parte da matéria da origem das espécies com uma porção da essência da subsistência, dando a este ser a possibilidade de existir para sempre, na sua versão original mortal revestida pela imortalidade encarnando para sempre o Verbo.

O Verbo era Deus."No princípio era a Palavra [O Verbo], e a Palavra estava com Deus, e a Palavra é Deus" João 1: 1 - [εν αρχη ην ο λογος και ο λογος ην προς τον θεον και θεος ην ο λογος].

O Verbo se transformou em carne, isto é, Ele despiu-se temporariamente do principio da sua subsistência e assumiu a existência original.

• Jo. 1 •  14 - E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai.

A carne, esta que foi a ultima criação porque para ele ter sido criado, antes o Verbo criou a natureza e de uma porção dela, a terra, e desta Ele criou o aquele que somente ele irá existir quando tudo tiver sido destruído pela poder da própria Palavra, aquele que se revelou para João.

Eis aqui a diferença entre o que significa ser existente e subsistente, o principio e a origem o poder e a força; Deus e o homem.

Se você é capaz de acreditar que esta é a sua origem, e quiser que ela seja eterna, que não é subsistir, porém, existir mesmo que tenha que voltar a sua origem por um período de tempo para depois retornar na forma plena do Verbo encarnado, ou seja, do corpo dotado com a vida eterna, semelhante à Palavra, tome uma decisão definitiva, antes de voltar a sua origem, porque se isto acontecer sem que você esta revestido da imortalidade do Verbo, o seu destino será cruel, e creio que já ouviu falar dele alguma vez!

Este é um bom momento para você refletir, a vida original é curta e surpreendentemente incerta quanto ao seu fim, mas, a vida existencial, esta que vai durar pela eternidade é preciso tê-la assegurada enquanto a sua natureza original ainda respira.

Respire fundo, e decida enquanto ainda respira.

O Poder do Logos é tornar a sua origem existencial mortal, em Verbo encarnado, num princípio  imortal para existir eternamente, semelhantemente como Ele subsiste!

Quando o Arrebatamento for executado na sua plena dimensão, toda a origem existencial mortal, [o homem], este se transformará em Verbo Encarnado, que é a fusão eterna do corpo e da alma pela força do Logos e poder contido nele, aquele sangue que for vertido do Verbo na cruz; ele te dará a eterna vida, então você existirá para todo o sempre.

O Logos ainda habita entre os homens. Ele é Jesus. 

       

Em Cristo.

Revisão Julho 2016

Shalon.

Por Cornelio A.Dias  

 

"Feito perfeito, é imperfeito; como criação, o meu eu; natureza humana! C. A. Dias.

 

 

              

 

 

Comentários

 

 

 

 

 

 

Licença Creative Commons

AO Poder do Logos do Teologo Cornelio A.Dias está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Não Comercial - Sem Derivações 4.0 InternacionalBaseado no trabalho disponível em http://oportaldateologia.no.comunidades.net/o-poder-do-logosPodem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em http://oportaldateologia.no.comunidades.net/.

newline oportal

 

Editoriais

As taças da ira de Deus  estão prestes a se derramarem sobre a terra! 

Quero fazer um breve relato sobre esta chamada em "Flash”, visto que não vejo a necessidade de escrever um artigo específico sobre o título, bem como também não vou citar referências bíblicas que corrobore com este assunto.

 

Os elementos ardendo  

em breve se fundirão!

Cuidado!

Um corpo terrestre, 

se chocará contra a terra e 

causará repentina destruição. 

 

Leia Mais imagem

 

A falsa doutrina do pré-tribulacionismo  

Qual biblicamente é a mais viável para você? A Meso-tribulação [Arrebatamento no meio da tribulação] ou a Pós-tribulação? [Arrebatamento depois da tribulação] Em qual delas acontecerá o Arrebatamento da Igreja! Será antes da tribulação? Reflita! Leia Mais  imagem

 

 

  Reflexão do O Portal

         2013

O oitavo Rei foi eleito.

A besta que era e já não é, é também o  oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição Apocalipse cap. 17 - 11.

E o sangue de muitos inocentes ainda haverá de ser derramado.              

Guerreiros feridos são condecorados com Láureas de sangue.

Os soldados do Exército do Rei dos Reis, porém herdarão uma coroa de ouro, e a vida eterna.

A Nova Ordem Mundial está chegando e virá para cumprir o seu dever a rigor.

Quem quiser se livrar dela terá que aceitar a sua marca. 6 6 6 em troca da sua alma.

Revelação 13. 1 – Vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] 7. Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. “Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”

Yeshua.

 O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que  isto lhe custar a própria vida.

"Permaneça fiel até a morte, e Eu lhe darei a Vida como Coroa. Revelação 2.10.

Yeshua".

 

Leia o Artigo: O sétimo milênio e o fim da humanidade.

Oriente-se.

 

Por: Cornelio A.Dias

Março de 2013.

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 TAUEZEQ94_tsp.png

 

 

 

  Ler um   é:

Armazenar Informações;

Desenvolver a Intelectualidade;

Ampliar os Horizontes;

Compreender o Mundo;

Comunicar-se com o Próximo;

Escrever Corretamente;

Relacionar-se melhor com o Outro!

 Ler uma  é:

Armazenar Ensinamentos;

Desenvolver o Conhecimento;

Ampliar a Espiritualidade;

Compreender a DOUTRINA;

Comunicar-se com JESUS

Escrever a VERDADE;

Relacionar-se melhor com DEUS. 

IMAGEM TEXTO

Ore conosco ao som de belos louvores;

Chore aos pés feridos do Pai!

A tristeza logo passa, não demora.

Ele vos envolve e vos consola, 

Em seus braços, faz-vos descansar.

O Portal

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

clique aqui em:

Bíblia Online e Seleção de Louvores

e deixa Deus falar ao seu coração!

IMAGEM TEXTO

 

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png  

 

 

 Leia Mais imagem 


Com: Paz seja convosco
Graça e Paz
A Paz do Senhor
Paz da parte... do Senhor
Paz de Deus
Shalom
Shalom Adonai
Bom dia; Boa Tarde; Boa Noite Irmão
Nenhuma da anteriores

Feedjit

 

Download

Descrição:

Bíblia Sagrada Digital

MediaFire – Down

 Jogo Show do Cristão

MediaFire – Down

Biblia Sagrada + jogo show do cristão + caminho estreito

MEGA – Down 

topo