Translate this Page

Rating: 2.0/5 (3348 votos)




ONLINE
6




Partilhe esta Página





Busca OPortal

Clique⇒ mapa do site avançado
           Buscar no freefind

Email OPortal

oportal@oportaldateologia.org

cornelio.a.dias@oportaldateologia.org

 https://files.comunidades.net/oportaldateologia/setad.gifFacebook   

Últimas Edições 

11. Noe: Agenda Satanica de Hollywood Novo 

10. A verdade sobre o vinho na bíblia  

9. Papa acusado de heresia e a possível renuncia 

8. Microchip chip sob a pele: maldição ou bênção? 

7. Admirável mundo novo Leia 

6. Como será a vida no futuro Leia

5. O Mundo pós-covid Projeto diabólico Leia

4. Teoria da Conspiração e o humano QR-Code Leia

3. As máscaras o covid-19 e a engenharia social Leia

2. O que é o id 2020? O ID2020 é a Marca de Besta? Leia

1. A emergente reascensão da escatologia. Leia

 


 

 

A santificação sob a perspectiva da bíblia-introdução: Aqui

 

 Edição em destaque

 

Parte Final

 

 

 

Leia

atualização de 31/12/2020  

Ychzek'el

 

9.  3 - 4

3: Então a Glória do começou a se levantar sobre o Keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa.

Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura. 

O Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o Keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. 

 

Ezequiel  

 

9.  4. 

Adonai lhe disse "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".

 

 

Bíblia Digital PtBr no PC


Porque sou Cristão?
Porque sou Cristão?

Porque que sou cristão?

Por Cornelio A. Dias  16:07:16 

O conhecimento e a sabedoria teorética provam que o humano nada sabe e nunca será capaz de aprender por ele mesmo, sobre quem ele realmente é ou por quê!

O saber empírico e o teorético são antônimos, a experiência não é produto da ciência, ela é o viver o fator, que é aquilo que faz o algo ser, a teoria é hipotética, ela não encerra nada em si, por isso é contestada, transformada e adulterada para abrir parâmetros para novas interpretações, a fim de justificá-la. 

E ser cristão é ser: humano, ou ser humano é ser cristão? 

Para justificar esta questão, é necessário observar o pensamento gnóstico mais significativo alcançado pela vertente heterodoxa do cristianismo primitivo; e pensar como, para ser compreender por que.

Antes do cristianismo, o ser humano era: Fariseu, Saduceu; Samaritano; Essênio; Herodiano; Zelote; Sicário e Publicano; porém; e neste contexto, o cristão não é ser “humano” e o ser humano não era cristão, alguns grupos acima eram judeus outros não. 

O que distinguia um do outro não eram o conhecimento e a sabedoria teorética sobre aquilo que entendiam ser, a relação entre estes humanos era amistosa, o viver o fator, que é aquilo que faz o algo ser, determinava pelo saber empírico, o fato em que se apoiavam através das experiências vividas, para se autodefinirem. 

No centro deste emaranhado e complexo de fatores empíricos, surge uma nova corrente não teorética, divergente de todas as existentes, que denominaram cristianismo. 

Este cristianismo era uma corrente gnóstica, que outorgava para si a origem de tudo, ela fundamentava-se na sabedoria e conhecimento pessoal de Cristo, um ser Humano diferente em termos, atípico dos demais deste contexto histórico, porque Ele não era partidário de nenhum dos grupos étnicos religiosos políticos, mas, afirmava ser por todos eles na individualidade humana. 

Esta corrente gnóstica defendia a sabedoria e o conhecimento de Cristo, que era superior a capacidade do raciocínio humano-biológico.

♦ A sabedoria e o conhecimento deste Cristo - Humano, não eram empíricos e nem teorética, e isto se justifica pelo fato de que nenhum ser humano-biológico contemporâneo Seu, conhecia o Fator, que é aquilo que faz o algo ser, que era Ele próprio e estava Nele antes da sua humanidade - enquanto Verbo - portanto de origem desconhecida, cuja,

♦ Aquele Humano expressava através de um paradigma incompreensível. 

A sabedoria e o conhecimento do ser - Cristo - Humano - não tinham paralelo algum com a do ser humano-biológico; e para conduzir este semelhante ao seu estado-homem [condição], ao principio da compreensão para entender quem ele [humano ⇒ biológico] era, Ele [Cristo] permitiu que o humano vivenciasse este seu fator diferenciado, ensinando-o aquilo que faz algo ser, através da experiência. 

Pedro provou esta experiência ao andar sobre as águas quando aprendeu aquele novo Fator, o do Cristo-Humano. 

Os discípulos faziam os mesmos milagres que Ele fazia, após a sua ascensão, todos aprenderam este Cristo, vivendo e praticando o Fator adquirido depois do aprendizado. 

Primeiro: Cristo estigmatizou a sabedoria e o conhecimento teorético humano, e anulou o empírico, por isto não o compreenderam, e não Lo entendem até hoje.

O conhecimento e a sabedoria empírica e teorética tipicamente humana, para Ele, era simplesmente loucura.

Este era um dos fatores do Cristo - humano, a transformação dos discípulos começou quando eles decidiram obter, aquela sabedoria e conhecimento que somente podia encontrar naquele Cristo - Humano. 

Ele revolucionou os intelectuais do seu tempo, isto é, Ele agitou emocionalmente / moralmente - perturbando lhes os seus espíritos. 

Cristo afirmou que tudo o que fazia, todos poderiam fazer e melhor que - e afirmou não ter vivido o Fator, Ele o criou aquilo que fazia ser o que Ele era, uma versão humana modificada. 

Tudo o que faz o algo ser, o é por Ele; Sua criação, permissão e domínio, o que antes foi, [a.d.C] é [no contexto Cristo presente] seria, [nosso contexto], e será no Seu contexto futuro e milenar; o Fator era Ele - o Cristo - Humano, eis a diferença entre Ele e o fator humano ⇒ biológico ⇒ gerado. Ele não foi gerado, apenas adotou o fator humano.

O fator humano é o: [pecado + morte = finito] Fator Homem, contanto é: ser  [puro + vivo = eterno] este é o Fator Cristo - [ser de vida eterna].

Embora o Cristo - Homem não tenha sido gerado Ele foi semelhante a nós os humanos. 

Ele foi o fator humano acima pela nossa semelhança, nós nos tornamos humanos porque pecamos; Ele, porém, porque tomou sobre Si todo o pecado da humanidade.

Ao despir-se do pecado humano, tornou-se o Cristo - Homem. Alguns desinformados alegam que Ele foi 100% homem e 100 % Verbo.

Estúpida ignorância bíblica, tola sabedoria e conhecimento empírico e teorética.

Se Cristo tivesse sido Homem / Deus na mesma proporção, o pecado da humanidade não poderia recair sobre Ele, porque a santidade não pode ser diluída na pecaminosidade, porém a contaminação na purificação sim; Naamã foi um exemplo, e o mesmo Rio Jordão que o purificou, Deus também purificou o Cristo - Humano, para nele purificar todos os que Nele crerem e o receber. 

O pecado sim pode ser diluído no santíssimo, por isto Ele é o Fator.

Cristo veio puro, contaminou-se ao tomar para Si o pecado humano, Deus o santificou, e Nele santificou; eu e você, mas, Ele não veio no Verbo; apenas humano, tornou-se Homem!

Por isto é que Cristo diz: "Sedes santos como Eu sou Santo". Este é o Fator, [santidade]. Se viesse no Verbo, Ele seria igual ao Espírito que sobreveio a Ele, bem como seria superior a própria água, portanto, João Batista, não precisaria ter vindo anunciar a sua chegada na esfera humana, à água não teria efeito, porque não se limpa o que é puro, não se lava o limpo. 

O madeiro não poderia ser o instrumento de suplício da Cruz, basta deduzir: como é que ele poderia matar o Imortal?

Como a morte poderia vencer a Vida?

Isto pode acontece na mitologia onde os deuses nascem da criação da mente humana, quem criou poderia matar estes deuses, portanto, são mortais tais como os seus criadores.

Este Fator, o conhecimento empírico teorético não sabia que existia, por não ter vivido e nem experimentado.

Ele viveu plenamente o humano - sem pecar.

Por isto morreu, para o humano morrer com Ele e Deus o ressuscitar - assim como fará a todo aquele que morrer após aprender viver o Fator Cristo, como fez os Apóstolos, este; Deus também o ressuscitará, e breve; a Parúsia está próxima de se tornar realidade. Ele disse para a mulher samaritana - se beber da água que Eu te der, nunca mais terá sede! Estava falando de Si mesmo.

Nesta ocasião Ele já estava superior a água, a vida já fluía Nele, mesmo antes da morte, mas, mesmo assim habitou por três dias no campo dos mortais antes de ressurgir, porque o pecado haveria de ser consumido, porque na água apenas foi consumado. 

Esta era a sua sabedoria, aquela que o humano-biológico não tinha por ainda não ter vinda da sua origem.

Para adquiri-la, precisa conhecer; aprender e viver o Cristo - Homem. Cristo é antes durante e depois da criação, até após a extinção humana se consumir quando irá assumir o fator homem - eterno e divinizado.

Na fusão eterna da Imagem e da Semelhança, seremos o Cristo - Homem.

Porque seremos o Cristo - Homem?

Porque haveremos de ser eternamente a sua Imagem e Semelhança, e o Fator Cristo Ele deixou como herança para todo aquele que Nele crer,  aceitar e vivê-Lo.

Ao ascender ao Céu, voltou ao Verbo novamente, herdou o Trono do Pai, que Lhe todo o poder no Céu e na terra.

Quando a questão é: Porque sou cristão? Porque sou o Fator Cristo. 

É impossível se tornar o Fator Cristo sem se despir do fator humano. Porque é difícil tornar-se Cristo - Homem?

Porque o fator humano é o que somos: [pecador + mortal = finito] e para ser Cristo - Homem, precisamos nos tornar o Fator Homem, contanto ser:  [puro + vivo = eterno] este é o Fator Cristo - [ter vida eterna]

O Apóstolo Paulo disse: - o meu viver é Cristo - quando aprendeu a ser o Fator Cristo, ele deixou de viver o humano, tornando se semelhante a Cristo quando se fez homem e entre eles habitou por três dias.

Cristo se fez homem após se despir da essência humana, purificando-se do pecado herdado, e morrendo para tornar vivo no Eterno Verbo.

Ele era o Fator Deus quando Verbo, e criando o homem a sua imagem e semelhança, surgiu então no jardim o fator original [homem]; ao perder a imagem no Éden, restou apenas à semelhança, - [humana] – por isto Cristo se despiu da sua divindade e deixou temporariamente de Ser o Verbo [Fator] se tornando humano; para resgatar o homem perdido. 

Vindo habitar com o humano, Ele revelou um conjunto de fatos que somente pode ser conhecido através da experiência, por intermédio das faculdades sensitivas [Espírito Santo] porque é Ele que revela o pecado oculto e testifica o arrependido, e não pela lógica ou racionalidade.

Somente após experimentar esta vivência por Ele constituída, é que o humano será capaz de fazer morrer a velha criatura e tornar-se Cristo - Homem.

Veja o que o próprio Deus diz: -"Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles."

Onde estarão os humanos no dia em que está declaração for proferida pela boca de Deus?

Onde você estará nesta ocasião? Sentir ser o Cristo - Homem será viver esta experiência última, mas, não da forma como o humano a compreende, porque ele não a conhece.

Fez-se humano pelo humano, levou o seu pecado sobre Si, consumou perdoando-o; ao despir-se do pecado humano na morte, a sua Semelhança e Imagem voltaram a ser o Verbo despido antes do madeiro, e agora  Cristo - Homem por experiência vivida deu espontaneamente ao ser humano o direito de ser tornar o Fator Homem como Ele É.

A partir de então o ser humano que era: Fariseu, Saduceu; Samaritano; Essênio; Herodiano; Zelote; Sicário e Publicano; aquele distinto contexto abandonou a sabedoria empírica e teorética e aprendeu através do paradigma Cristo a viver o Fator semelhante ao Dele, que é aquilo que faz o algo ser. 

O humano compreendeu que podia voltar a se tornar a Imagem e a Semelhança do Cristo - Homem que havia perdido - aquela que aquele ainda humano quis expressar através de conceitos, cujos, pelo humano; incompreensíveis e desconhecidos, porém agora, revelado.

O cristão não é ser “humano” e o ser humano não é cristão, o humano é o fator "escravo", - o cristão é a restauração do humano através da recuperação do Fator perdido, aquilo que o homem liberto herda quando  aceita ser aquilo que lhe faz ser, o fator, Cristo - Homem, ao adquirir a nova estrutura aquela original da criação quando o primeiro erro despiu-lhe a imagem do Verbo. 

Como isto é possível? Primeiro o humano deve aprender; vivendo de forma a adquirir a experiência que lhe irá transformar em Cristo - Homem [ex-natureza humana], segundo: adotar o paradigma do Cristo - Homem. 

Para obter a experiência do Cristo - Homem, é necessário seguir e vivenciar o paradigma que Ele veio viver para servir de exemplo, ou seja, tê-lo como modelo de vida.

Reconhecer que é pecador, porque perdeu a imagem divina. Cristo fez isto, porque com o pecado do humano sobre si, tornou-se o maior pecador de toda a história da humanidade, não porque pecou, mas porque todos os pecados humanos tornaram se seus e ficaram no batismo de João se consumou sobre Ele no madeiro, a morte consumiu-os.

Por isto o seu batismo por João não foi simbólico, quando foi mergulhado, este ato tornou se o paradigma da purificação, e purificado e sem pecado o Espírito Santo veio sobre Ele, - não podia vir antes pelo estado pecaminoso que experimentava – e do pregar no madeiro a cruz morreu para o mundo, - fator pecado – e consumiu a morte do humano restabelecendo a Antiga Aliança entre o Verbo e o Homem - Imagem.

Então o humano tem que admitir seu pecado, desistir de praticá-lo, purificar-se no batismo, receber o Espírito Santo para a consumação do fator, e daí sim, você é um homem - cristão ou o Cristo - Homem.

O homem pode voltar ao antigo fator humano, após este processo, quando?

Sim, mas, ao voltar ele perder novamente a essência do fator Cristo - Homem, tornando ao antigo estágio de ser apenas humano, e isto se dá através de voltar a praticar todos os mesmos erros do passado somados aos do presente, de antes do arrependimento e da purificação.

Por isto a Bíblia diz, - “sem santidade ninguém verá a Deus” – porque o humano para encontrar-se com Ele precisa adotar a sua imagem e semelhança tornando se Cristo - Homem, esta que se perde a menor e mais insignificante pratica pecaminosa, porque não há pecado em escala maior ou menor. Ex: uma pequena mentira, ódio, calunia não arrependida é um pecado tão grave quanto é um homicídio, para Deus. 

Muitos anulam o sacrifício de Cristo dizendo que todos serão libertos apenas pela graça salvífica do Cristo - Homem, querendo anular o Fator Cristo e o seu paradigma.

Sendo assim; basta apenas crer e ser batizado e ser salvo! Para este modelo de fator humano, a condição é esta e única e o que você vai continuar fazendo ou não, estes fatos não tem valor, portanto, é impossível a sua alma se perder, na segunda morte. 

Se for assim, então Cristo veio aqui então apenas para tirar umas férias do céu, mas, não escapou da violência urbana da sua época.

Este é o gnosticismo anticristão, uma heresia falsa.

Porque sou cristão? Porque aprendi ser o homem - Cristo, fui despido do humano por Ele, adotei o paradigma do Cristo; insisto viver a experiência que Ele ensinou e viveu, ela é o viver o Fator, que é aquilo que faz o algo ser; o Fator Cristo.

Tento viver este Fator, a do Cristo - Homem.

Tive restaurada Nele a novamente a imagem e a semelhança perdida, pelo humano após o Éden.

Sou novamente o homem, conforme o paradigma de Cristo, ou seja, busco viver a maneira como Ele viveu ao despir-se do humano no pecado.

Procuro ser o modelo que Ele É; por isto eu digo não - ser cristão não é ser humano, ou ser humano não é ser cristão, ser cristão é ser como Cristo - Homem.

Isto me assegura ser um Eleito ao ouvir da boca de Deus: - "Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles." 

Você que se julga ser fiel a Deus, tem coragem de querer saber se é um verdadeiro cristão?

Tente ouvir algum relato de pessoas que foram arrebatadas ao Céu e ao inferno, e veja onde se você se identifica.

Multidão de pessoas que estão na igreja hoje, cheio de vida e saúde, já estão com as suas almas no inferno antes de morrerem.

Saiba por que os muitos que se dizem serem cristãos estão indo para o inferno todos os dias, e diretamente da igreja!

Isto acontece por quase nada [pecados simples, costumes e práticas insignificantes; erros pequenos] nada assim tão grave!

Este é o pecado não admitido por não representar uma grave ação ou ato.

Quem sabe se uma daquelas almas que já estão lá, não seja a sua?

A conversão liberta o homem do pecado.

A santificação liberta do pecado o homem.        

 

Por isto é que eu sou cristão.

 

Em Cristo.

 

Shalom.

 

"Feito perfeito, é imperfeito; como criação, o meu eu; natureza humana! C. A. Dias. 

 

Licença Creative Commons
Porque sou Cristão? 
do Teologo Cornelio A.Dias está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Não Comercial - Sem Derivações 4.0 Internacional. Baseado no trabalho disponível em http://oportaldateologia.no.comunidades.net/porque-sou-cristao Podem estar disponíveis autorizações adicionais às concedidas no âmbito desta licença em mail cornelio.a.dias@oportaldateologia.org

newline oportal

Mais lidas 2021-22

1. A Porta da Salvação. Leia

2. O Pão nosso de cada dia. Leia

3. Televisão: O olho mágico da besta. Leia

4. O que é heresia? Leia

5. Tecnologia 5G e o olho que tudo Vê. Leia

6. A era da sociedade charagma.  Leia

7. Plano dos Illuminati rumo a Nova Ordem Mundial.  Leia

8. A chegada não reconhecida do falso profeta. Leia

9. Nova Ordem Mundial conforme a Bíblia. Leia

10. O que é o Anticristo? Quem será Ele? Leia

11. O anticristo conforme a bíblia. Leia

12. Como será a vida no futuro: Leia

Destaque OPortal

A chamada no gif abaixo visa alertar sobre um grave evento que vai acontecer:

São elementos ardentes que se fundirão sobre terra: Cuidado!

Os corpos celestes explodirão sobre a atmosfera e cairá sobre a terra como chuva de pedras fogueadas. Haverá terrível destruição.

Tema Central d'OPortal

Leia

A falsa doutrina da pré-tribulação

Link

Questione-se: 

Conforme cita a bíblia qual é das doutrinas a que julga ser a mais viável pra você  biblicamente? 

Mezo-tribulação 

A Igreja será arrebatada ou não no meio da tribulação?

Pós-tribulação   

Em qual delas a Igreja de Cristo vai ser elevada?

Pré-tribulação  

A Igreja ela não verá este juízo que  virá sobre a face da  terra.

Qual é a certeza de que não vai estar aqui neste dia mais terrível da humanidade ?

Reflexão 

O Portal

 texto flutuante

  

       


Reflexão!

2013 - 2022

O oitavo rei

A besta do mar conforme descreve a profecia de:  Ef: 6 - 11 - 13.

ela faz referência às duas principais hierarquias do reino do mal que domina o mundo físico e espiritual desde a origem do pecado no Éden.

São eles os: “Os principados” que são as ordens celestiais malignas superiores constituídas por demônios de todas  e as hierarquias ou seja; é uma casta formada pelos seres que eram  dantes angelicais que foram lançados na terra quando o ex-querubim lúcifer intentou usurpar o trono de Deus; estes são as miríades ou legiões enquanto que as "Potestades"  são as classes humanas de governantes que regem os países do mundo sob o domínio secular de controle espiritual total do demônio; como por exemplo o falso profeta que ou a besta do mar e o anticristo a besta da terra e os demais reis tirânicos existentes! Conforme rege:

2 Corintios 4:4Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. 

O sangue inocente "de muitos cristãos" ainda terá que ser derramado no mundo até que o último fiel seja morto na terra pelo crime hediondo de servir a Deus e confessar Jesus como Cristo Rei e Senhor conforme registra

Apocalipse 6: 9 -11: que diz:

9: E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram.

10: E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo e Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue e dos que habitam sobre a terra?

11: E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e seus irmãos, que hão de serem mortos  como eles foram.

São soldados do Rei dos Reis todos aqueles que pela sua fé em Cristo forem perseguidos e mortos no mundo pelo exército de satanás nesta antiga batalha espiritual entre o bem e o mal; por não se prostrarem diante das potestades da terra prestando lhes adoração e submissão total as suas leis, que são:

Os fiéis; os cristão guerreiros que serão presos; feridos ou mortos nesta guerra espiritual secular que virá com força total sobre a terra contra os soldados do Deus altíssimo.

Os que forem mortos; estes não vão ser laureados com medalhas de sangue como fazem os exércitos seculares; e "nós" os que provarmos o dano da primeira morte na terra; vamos receber uma Coroa de Glória com os nossos nomes gravados nelas e reinaremos com Cristo por toda a eternidade; na Nova Jerusalém que descerá do céu e ocupará o espaço físico desta terra pois ela será lançada no lago de fogo e enxofre no Juízo Final após o governo milenar de Cristo aqui no mundo; por toda eternidade!

A Nova Ordem Mundial através do Falso Profeta já está em plena e intensa atividade e teve inicio em 2013 com a "assençao" do ultimo Papa do Vaticano; que cumprirá o seu dever com todo o rigor. A sua marca já está sendo aceita é voluntariamente por muitos nos países no mundo e já estamos no tempo em que ela vai ser obrigatória para todos!

E quem quiser livrar-se "desta lei que será a pior perseguição que já houve na terra terá que aceitar a marca para poder comprar ou vender e ter a liberdade em troca pela sua alma!

Revelação 13. 1 – E vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”“.

O oitavo rei ele é a besta do mar e o falso profeta do Apocalipse 18:2 que assumiu o trono da perdição em 2013 no Vaticano cujo País é a Babilônia “espiritual” no mundo secular. O número que ele simboliza é o: 6 6 6; o ultimo Papa.

O Rei dos reis será o próximo e estará voltando a qualquer momento conforme os sinais biblicos forem se cumprindo; como por exemplo a marca da besta que no metaverso que já é real no universo que excede as barreiras físicas do mundo real no caminho de um verdadeiro mundo virtual.

Portanto: espere por Ele mesmo que isto vier lhe custar à sua própria vida.

Oriente-se!

Março de 2013 ⇔ 2022

Por: Cornelio A.Dias

 

Assista este vídeo

https://www.dailymotion.com/video/x6e2rcw

https://www.dailymotion.com/oportaldateologia

Pré-tribulação

O futuro do mundo

Nas Mãos Do Governo

Documentário 

Aqui

Pré-tribulação

Aqui

 

 

Clique aqui em:

 

 

Bíblia Online e Seleção de Louvores

 

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png  

 

 

 

IMAGEM TEXTO