Translate this Page

Rating: 2.1/5 (2229 votos)




ONLINE
5




Partilhe esta Página





 

Indice Mapa do Site Avançado
Bbusca O Portal

 Ychzek'el [Ezequiel] 9.3-4

O PORTAL DA TEOLOGIA

A marca de Cristo. 

3. Então a Glória do Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura

4. Adonai lhe disse: "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".  

 Atenção: O Arrebatamento da Irmã Vilma - Assista aqui em [Vídeos e Nova Era] Cuidado com a sua Alma! 

 

Graça e Paz em Cristo → A todos os Leitores → Sejam bem vindos → No nome de Jesus!  Comentem os artigos → Iniciem discussões sobre os temas → O Moderador. 06.04.2014 

 

OPorTAU.png 

Pedido de Oração  

 

oportal@oportaldateologia.orgimagem

 
Email:
oportal@oportaldateologia.org

 https://www.facebook.com/OPortaldaTeologia

 

 

O Portal da Teologia autoriza a republicação de todos os artigos do site na íntegra, desde que cite a fonte de origem.  

 

 

Site Top 100 Atualização diária:

Posição na rede hoje 21/01/ “39”

Participe: Divulgue

 

Descrição:

Bíblia Sagrada Digital

MediaFire – Download

 Jogo Show do Cristão

Bible Discovery PtBr

Mega.nz – Download 

 

    

 

 

A santificação

 

conforme 

 

a Bíblia: Introdução

 

 Edição em destaque

Destaque Leia02/07/2020 

 


Ataques na Páscoa: por que a data é tão letal?
Ataques na Páscoa: por que a data é tão letal?

Seja Um Com Eles mostrando que se importa de forma efetiva com os cristãos perseguidos e conscientizando outras pessoas

Ataques na Páscoa: Por que a data é tão letal para cristãos perseguidos? 

Entenda por que a celebração da morte e ressurreição de Cristo afeta tanto a Igreja Perseguida e como você pode ser Um Com Eles 

A celebração da Páscoa teve início na libertação do povo de Israel do Egito. Esse foi um decreto de Deus de uma comemoração que serviria como memorial para todo o povo. Com a vinda de Cristo, a Páscoa deixou de ser apenas uma celebração judaica e ganhou um novo significado, representando agora a nossa libertação do pecado por meio da morte de Jesus na cruz e sua ressurreição. Porém, pela data estar carregada de tamanho significado para os cristãos, enquanto a igreja livre celebra, a Igreja Perseguida está sob ameaça de ataque nos países onde há perseguição por conta da fé em Cristo. 

Nos últimos cinco anos tivemos diversos exemplos disso. O maior e mais recente ocorreu no dia 21 de abril de 2019, no Sri Lanka, quando 259 pessoas morreram e 500 ficaram feridas. O ataque foi coordenado em três igrejas e três hotéis onde a data era celebrada. O grupo extremista Estado Islâmico assumiu a responsabilidade pelo atentado que foi causado por 7 homens-bomba. Além da ajuda prática para as famílias atingidas pelas explosões, a Portas Abertas, por meio de seus colaboradores, acompanhou, visitou, orou e enviou cartões de encorajamento.

Isso porque cristãos que vivenciam ataques violentos são marcados pelo resto da vida. Mas, surpreendentemente, essa experiência pode transformar de maneira positiva a forma de viver deles. Verl é uma prova disso. Ele perdeu um terço da família e fala sobre quão bom Deus ainda é: “Perder alguém machuca. Mas eles não foram mortos, foram semeados, afinal o sangue dos mártires é a semente da igreja. Meu filho, irmã e cunhado morreram, mas serão ressuscitados com Jesus naquele dia. Deus é bom. Deus é grande. Meu filho foi meu por 13 anos, mas ele é do Senhor para sempre”.  Verl afirma que dedicará a vida ao ministério, afinal, completa: “Eu sou um zero. Jesus é tudo”.

Entre as histórias compartilhadas por familiares das vítimas e sobreviventes do atentado, também é possível identificar a disposição em continuar compartilhando o evangelho com aqueles que ainda não conhecem a Cristo, incluindo os seguidores do islã, religião dos extremistas responsáveis pelos ataques. Muitos dos que morreram pareciam estar preparados e dispostos a entregar completamente suas vidas a Cristo. Isso é percebido na fala dos familiares.

Esse é o caso de Prashant. Sua esposa, Girija, era uma cristã dedicada. Ele, ao contrário, sempre ficava em casa e, apesar dos convites da esposa, sempre dizia que iria à igreja algum dia. Um dia antes do ataque, eles celebraram o aniversário de um dos filhos. “De repente, minha esposa começou a dançar. Eu perguntei por que ela estava agindo como louca. Ela riu e respondeu: ‘Eu não sei. Talvez eu esteja morrendo’.” No dia seguinte, Girija sofreu ferimentos graves na explosão. Ela morreu uma semana depois, deixando os quatro filhos aos cuidados de Prashant.

Apesar de sua morte, o legado espiritual de Girija continua na família. Ela costumava ler a Bíblia todos os dias para a família. Agora a filha, Dukashini, realiza a leitura. Além disso, agora Prashant não apenas ouve, mas acredita. Ele frequenta a igreja regularmente, uma resposta às orações de Girija. Ele prometeu para a esposa que algum dia iria, mas o “algum dia” chegou antes do que ele imaginara. “Foi o desejo final dela. Mas quando estou na igreja, dói quando lembro que perdi a oportunidade de adorar ao Senhor juntos, como família.”

Além da dor da perda, familiares como Prashant precisam lidar com os desafios de não ter mais os entes queridos. Como pai, ele agora precisa criar sozinho quatro filhos com idades entre 3 e 16 anos. Por isso, além do suporte emocional e espiritual, a Portas Abertas deu a ele um tuktuk, um pequeno táxi de três rodas. Levar pessoas pela cidade garante a ele uma forma de prover para sua família, enquanto também permite que tenha uma agenda de trabalho flexível para passar tempo com os filhos. As famílias afetadas pelos ataques também receberam da Portas Abertas caixas de cuidado, contendo materiais de arte, geleias, biscoitos, objetos diversos, cartões de encorajamento e uma cópia do livro Permanecendo Firme Através da Tempestade na língua local. Outros cristãos, além de Prashant, receberam motocicletas, após terem perdido as suas na explosão. Diz-se que a luz brilha mais clara onde a escuridão é mais profunda. Isso, com certeza é verdade no Sri Lanka. “Nós temos visto a família de Cristo unida para chorar, confortar e ajudar. Nenhum cristão perseguido deve se sentir sozinho. Vamos continuar ao lado deles o quanto precisarem”, declarou Sunil, um colaborador da Portas Abertas que acompanhou as famílias envolvidas nos ataques.

No mesmo ano, na Nigéria, um oficial muçulmano matou 13 pessoas que participaram de uma passeata de Páscoa em Sabon Layi, no estado de Gombe, nordeste do país. O relato é de que o oficial, acompanhado de um policial nigeriano, discutiu com um grupo de rapazes cristãos, discordando do controle de trânsito que faziam. Bastante nervoso, o oficial desligou os faróis do veículo e acelerou contra o grupo de cristãos. A autoridade, instantaneamente, matou nove e feriu 32 pessoas, 12 delas gravemente. Entre os feridos levados ao hospital, quatro pessoas morreram, elevando o número de mortes para 13.

Os tipos de ataque são diversificados em intensidade e escala. Em 2018, na Índiaincidentes foram relatados por todo o país durante o final de semana da Páscoa. No sábado, um pastor foi atacado do lado de fora de sua igreja no estado de Tamil Nadu. Sundar Singh conduzia um culto de oração em sua igreja na cidade de Dharmapuri quando um grupo de homens e mulheres começou a vandalizar motocicletas do lado de fora. Quando Singh saiu para ver o que estava acontecendo, eles atiraram pedras nele. O pastor foi ferido e teve que ser levado ao hospital. Os responsáveis pelo ataque mais tarde fizeram uma reclamação contra ele, o acusando de mal comportamento com as mulheres. Então, no domingo, outro ataque a uma igreja ocorreu na vila de Maradur. Foi relatado que mais de 40 pessoas entraram na igreja enquanto o culto estava acontecendo e começaram a atacar as pessoas, inclusive o pastor. Quando a polícia chegou, não fez nada para interromper o ataque.

No mesmo ano, duas semanas antes da Páscoa no Paquistãoum incidente ocorreu em uma colônia cristã em Burewala, na província de Punjab. A polícia interveio e prendeu três muçulmanos suspeitos, enquanto sete cristãos foram feridos e levados ao hospital local. O pastor da igreja, Haleem Masih, explicou que enquanto conduzia o culto, um grupo de homens, que incluía um oficial do governo, equipado com armas de fogo, invadiu a igreja.

No Egito, as comemorações foram marcadas pelo desaparecimento de ao menos sete meninas e mulheres cristãs. Em cada um dos casos, a família da vítima diz que o sequestro foi realizado por um muçulmano que queria converter a pessoa à força ou se casar com ela. Todos os desaparecimentos foram reportados à polícia, mas as famílias alegam que sempre foram tratadas com indiferença. Algumas famílias chegam a dizer que membros da polícia estavam envolvidos nos desaparecimentos.

Em 2017, 49 cristãos foram mortos e mais de 110 ficaram feridos no Egito no bombardeio a duas igrejas no domingo antes da Páscoa. O líder copta, Sergius, declarou: “A igreja celebrará a Páscoa e o terrorismo não pode nos impedir de fazer isso. Não deixaremos acabarem com nossa alegria”. Abanoub Gamal, membro da igreja atacada em Tanta, contou: “Eu estava perto da porta da igreja. Era cerca de 9h05 quando percebi um homem vestindo uma jaqueta marrom entrar na igreja e andar entre os bancos até a frente. Ele ficou em frente ao altar e então se explodiu”.

Já na igreja de Alexandria, testemunhas disseram que o homem-bomba tentou entrar, mas Mina Makram, membro da congregação, disse que um dos guardas da igreja, chamado Nasim, “o impediu, prevenindo-o de entrar, e pedindo para passar pelo detector de metal primeiro. O homem entrou no detector rapidamente, então deu um passo atrás e explodiu o colete suicida que estava usando por baixo da jaqueta”. Três policiais também perderam suas vidas evitando que o homem entrasse na igreja. O grupo Estado Islâmico alegou a responsabilidade pelo ataque.

Ainda em 2017, um cristão no Nepal, Santosh Khadka, estava voltando para casa do culto de Páscoa quando foi baleado. Dois dias depois, homens não identificados incendiaram dois veículos de uma das maiores igrejas no país. Atos como esse são vistos como uma forma de proteção ao hinduísmo, a religião majoritária no país, o que torna a minoria cristã vulnerável.

Em 2016, novamente no Paquistão, uma bomba foi explodida no meio de um parque popular em Lahore, no domingo de Páscoa. A explosão matou pelo menos 74 pessoas e mais de 300 ficaram feridas. Esse foi o ataque terrorista mais mortal na história de Punjab, o estado paquistanês mais populoso e cristão.

Quase um ano antes, em 15 de março de 2015, homens-bomba invadiram uma igreja em Youhanabad e, quase simultaneamente, outra igreja próxima, matando 17 pessoas no total. O número de mortos teria sido muito maior se voluntários da igreja não tivessem agido rapidamente para defender os cristãos. Ataques no país também ocorreram na Páscoa em 2014, um massacre que matou 134 crianças em idade escolar, e em 2013, quando um homem-bomba se matou do lado de fora de uma igreja de 130 anos após a celebração da Páscoa, matando 78 pessoas.


Em 2015, na Sexta-feira Santa, 147 estudantes cristãos da Universidade de Garissa, foram mortos por militantes islâmicos do grupo Al-Shabaab no ataque mais mortal já ocorrido em solo queniano. A universidade tinha cerca de 800 alunos, desses, mais de 500 eram não muçulmanos. Cerca de 250 estudantes participavam dos encontros da União Cristã, que reunia os alunos para adoração, estudo da Bíblia e desenvolvimento de liderança. No ataque, muçulmanos foram poupados, mas todos os cristãos presentes no encontro de oração matinal e outros escondidos em seus quartos foram mortos.


No mesmo dia, na Síria, a partir das 22h até o sábado pela manhã, mais de 40 mísseis atingiram uma área residencial cristã. As famílias estavam ansiosas para celebrar o domingo de Páscoa com os filhos, saudando uns aos outros dizendo que Cristo tinha ressuscitado. Porém, os mísseis atingiram prédios e mais de quatro deles desmoronaram completamente. Mais de 20 pessoas morreram, a maioria delas crianças e suas mães enquanto dormiam. O número de feridos foi mais de 60. As mesmas pessoas que dias antes celebravam e relembravam seu Senhor sendo crucificado, agora morriam ou passavam por sua “crucificação” pelas mãos dos rebeldes.

Nossa esperança é que, como escrito em Efésios 2, por estarmos em Cristo, Deus nos salve por meio de sua graça e nos permita participar de sua ressurreição, o que nos tornará um só corpo. Ao sabermos disso e o que nossos irmãos enfrentam em todo o mundo, precisamos colocar em prática o que Paulo nos ensina em 1 Coríntios 12.26, que quando um membro sofre, todos os outros sofrem com ele. Somos encorajados pelos testemunhos dos sobreviventes e familiares das vítimas de ataques ocorridos no mês da Páscoa. Essas histórias nos motivam a continuar depositando nossa plena confiança em Deus, que é nosso refúgio e auxílio em meio às adversidades.

Além disso, da mesma forma que recebemos consolo, devemos aliviar aqueles que estão em tribulações. Mas como fazer isso? João nos explica em 1João 3.16 que Cristo deu a vida por nós e devemos fazer o mesmo por nossos irmãos. Que ao saber o que o corpo de Cristo enfrenta durante o mês da Páscoa, você promova um grande impacto e ajude aqueles que seguem a Jesus custe o que custar doando para projetos de ajuda emergencial da Portas Abertas no Sri Lanka. Seja Um Com Eles mostrando que se importa de forma efetiva e conscientizando outras pessoas.

 

https://www.portasabertas.org.br/noticias/cristaos-perseguidos/ataques-na-pascoa-por-que-a-data-e-tao-letal-para-cristaos-perseguidos

 

 

newline oportal 

   

Destaque OPortal 

I Ts. 2 • 7 • Pois o mistério da iniquidade já opera; somente há um que agora o detém até que seja posto fora;

" value="https://files.comunidades.net/oportaldateologia/PREPAREM.swf" />

As taças da ira de Deus vão

se derramar sobre a terra! 

Esta chamada através deste "Flash”

visa chamar a vossa atenção sobre

este evento profético: 

Os elementos ardendo  

em breve se fundirão.

Cuidado!

Um corpo celeste, 

se chocará contra a terra e 

causará grande destruição.     

https://files.comunidades.net/oportaldateologia/setad.gif Aqui        

   

Tema Central do OPortal 

 

Clique na Imagem 

                                                     

A FALSA DOUTRINA DA PRÉ-TRIBULAÇÃO  

Qual doutrina bíblica é a

mais viável para você?

A Meso-tribulação?

[Arrebatamento no meio

da tribulação]

ou a Pós-tribulação?

[Arrebatamento

Em qual delas acontecerá

o Arrebatamento da Igreja!

Será ou não antes da tribulação?

Ou depois da tribulação?

Reflita! 

Reflexão do O Portal 

 Texto flutuante

 

       2013

O oitavo Rei foi eleito.

             

A besta que era e já não é, é também o  oitavo rei, e é dos sete, e vai-se para a perdição Apocalipse cap. 17 - 11.

E o sangue de muitos inocentes ainda haverá de ser derramado.              

Guerreiros feridos são condecorados com Láureas de sangue.

Os soldados do Exército do Rei dos Reis, porém herdarão uma coroa de ouro, e a vida eterna.

A Nova Ordem Mundial está chegando e virá para cumprir o seu dever a rigor.

Quem quiser se livrar dela terá que aceitar a sua marca. 6 6 6 em troca da sua alma.

Revelação 13. 1 – Vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] 7. Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. “Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”

Yeshua.

 O ultimo, o Rei dos reis é o próximo, e está vindo, espere por Ele mesmo que  isto lhe custar a própria vida.

"Permaneça fiel até a morte, e Eu lhe darei a Vida como Coroa. Revelação 2.10.

Yeshua".

 

Leia o Artigo: O sétimo milênio e o fim da humanidade.

Oriente-se.

 

Por: Cornelio A.Dias

Março de 2013.

 

 Visite Dailymotion O Portal

 https://www.dailymotion.com/video/x6e2rcw

 https://www.dailymotion.com/oportaldateologia   TAUEZEQ94_tsp.png

   Ler um   é:

Armazenar Informações;

Desenvolver a Intelectualidade;

Ampliar os Horizontes;

Compreender o Mundo;

Comunicar-se com o Próximo;

Escrever Corretamente;

Relacionar-se melhor com o Outro!

 Ler uma  é:

Armazenar Ensinamentos;

Desenvolver o Conhecimento;

Ampliar a Espiritualidade;

Compreender a DOUTRINA;

Comunicar-se com JESUS

Escrever a VERDADE;

Relacionar-se melhor com DEUS. 

IMAGEM TEXTO

Ore conosco ao som de belos louvores;

Chore aos pés feridos do Pai!

A tristeza logo passa, não demora.

Ele vos envolve e vos consola, 

Em seus braços, faz-vos descansar.

O Portal

Abra esta Porta de Meditação, Louvor e Oração,

clique aqui em:

Bíblia Online e Seleção de Louvores

e deixa Deus falar ao seu coração!

IMAGEM TEXTO

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png   

 

 

Como saudar os irmãos? Clique Aqui https://files.comunidades.net/oportaldateologia/setad.gif       


Com: Paz seja convosco!
Graça e Paz!
A Paz do Senhor!
Paz da parte... do Senhor!
Paz de Deus!
Shalom!
Shalom Adonai!
Bom dia! Boa Tarde! Boa Noite!
Nenhuma da anteriores

  *O conteúdo deste vídeo é

    da responsabilidade do autor* 

 

 

topo