Translate this Page

Rating: 2.0/5 (3348 votos)




ONLINE
3




Partilhe esta Página





Busca OPortal

Clique⇒ mapa do site avançado
           Buscar no freefind

Email OPortal

oportal@oportaldateologia.org

cornelio.a.dias@oportaldateologia.org

 https://files.comunidades.net/oportaldateologia/setad.gifFacebook   

Últimas Edições 

11. Noe: Agenda Satanica de Hollywood Novo 

10. A verdade sobre o vinho na bíblia  

9. Papa acusado de heresia e a possível renuncia 

8. Microchip chip sob a pele: maldição ou bênção? 

7. Admirável mundo novo Leia 

6. Como será a vida no futuro Leia

5. O Mundo pós-covid Projeto diabólico Leia

4. Teoria da Conspiração e o humano QR-Code Leia

3. As máscaras o covid-19 e a engenharia social Leia

2. O que é o id 2020? O ID2020 é a Marca de Besta? Leia

1. A emergente reascensão da escatologia. Leia

 


 

 

A santificação sob a perspectiva da bíblia-introdução: Aqui

 

 Edição em destaque

 

Parte Final

 

 

 

Leia

atualização de 31/12/2020  

Ychzek'el

 

9.  3 - 4

3: Então a Glória do começou a se levantar sobre o Keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa.

Ele chamou o homem vestido com roupas de linho, o qual tinha equipamento de escribas em sua cintura. 

O Deus de Yisra'el começou a se levantar sobre o Keruv, desde onde ele estava até a entrada da casa. 

 

Ezequiel  

 

9.  4. 

Adonai lhe disse "Vá por toda a cidade, através de toda a Yerushalayim, e ponha uma marca em sua testa como a de um homem [Cristo] que está suspirando e chorando por todas as práticas odiosas que estão sendo cometidas ali".

 

 

Bíblia Digital PtBr no PC


Os problemas do “PL Espião”
Os problemas do “PL Espião”

 

https://files.comunidades.net/oportaldateologia/Camara_MarcocivilInternet_manifestacao_97871260x710.jpg

Os problemas do “PL Espião” que muda o Marco Civil para punir calúnias na internet

 

Lembra que os deputados queriam mudar o Marco Civil para punir quem fala mal de outras pessoas – inclusive políticos – na internet? Apelidado de ‘PL Espião’, um projeto de lei discutido na CCJC (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania) quer alterar trechos do Marco Civil e pode prejudicar a privacidade e o sigilo dos usuários na rede.

Uma resolução do CGI.br (Comitê Gestor da Internet no Brasil) afirma que tais modificações vão contra a liberdade de expressão, privacidade dos usuários e direitos humanos.

Os projetos

São três os projetos de lei que visam alterar o Marco Civil. O PL 215/15 e os apensados PL 1547 e PL 1589 ampliam a pena para casos de injúria, calúnia e difamação ocorrido nas redes, além de permitir que a polícia e o Ministério Público tenham acesso aos dados dos usuários sem a necessidade de uma ordem judicial — hoje, graças ao Marco Civil, é necessária uma ordem judicial para obter tais dados.

Hildo Rocha (PMDB), deputado autor da PL 215/15, justifica a existência do projeto para “resguardar a honra das pessoas contra crimes praticados com utilização das redes sociais”.

Os crimes contra a honra praticados pelas redes sociais têm um efeito devastador na vida das vítimas, causando enormes prejuízos na sua vida profissional, na família, na comunidade, além de sofrimentos morais, emocionais e mentais irreparáveis.

Por essa razão, a legislação deve ser atualizada para contemplar essas hipóteses e propiciar maior proteção aos cidadãos contra esses delitos praticados por meio da internet.

Assim, propomos o aumento da pena para esses crimes, em um terço, quando cometidos por meio das redes sociais, diante do que estaremos prevendo uma pena mais compatível com a gravidade da conduta delituosa.

Rocha acredita que tais medidas são validas, independente de quão duras sejam e que “quem não deve não teme“, como afirmou durante discussão sobre o PL.  “Quem for inocente não precisa ter medo. Os bandidos é que estão com seu traseiro apertado, com medo desse projeto”, disse o deputado, segundo o Convergência Digital.

Somado ao PL, está o apensado PL 1547, de autoria de Expedido Neto (PSD), que institui aumento da pena para crimes contra a honra em sites ou por meio de mensagens eletrônicas — ou seja, nem apps como o WhatsApp ficam de fora. Ele também determina que a polícia “promova […] o acesso ao sítio indicado e respectiva impressão do material ofensivo, lavrando-se o competente termo”.

Neto justifica a criação deste apensado pois o “nosso país experimenta uma verdadeira epidemia de infrações contra a honra praticadas através da rede mundial de computadores”.

Nesse diapasão, importante frisar que, diante da capacidade nefasta de difusão das mensagens, o infrator que pratica os atos retromencionados, mediante a utilização de tal tecnologia, merece maior censura penal.

Com a adoção da nova causa de aumento de pena, como se propõe na presente peça normativa, restará clara mensagem à sociedade no sentido de que o Estado brasileiro não tolera o cometimento desse tipo de delito.

Já o último apensado, o PL 1589, de autoria da deputada Soraya Santos (PMDB), visa punir crimes contra a honra cometidos na internet que causem a morte da vítima.

Neste apensado adicionado ao PL 215/15, a pena é aplicada em dobro e em reclusão para os crimes cometidos por conteúdo da internet. Caso a prática dos atos virtuais levem a morte da vítima, “a pena será de reclusão e aplicada em quíntuplo”. Além disso, com este apensado, provedores que não excluírem o conteúdo difamatório também correm o risco de estarem sujeitos a aplicação de uma multa de R$ 50.000 e a polícia teriam acesso a registros e dados de usuários sem a necessidade de ordens judiciais.

Soraya explica em sua justificativa para o apensado que a internet pulverizou controles — enquanto rádio, TVs, jornais e revistas precisam checar suas fontes antes de publicar qualquer conteúdo, a internet pode publicar qualquer coisa sobre qualquer pessoa sem qualquer checagem. Ela cita ainda o caso da mulher que foi morta em 2014 no Guarujá depois de ter sido confundida com uma sequestradora de crianças, boato que correu a internet.

É por essa razão que entendemos que o Estado deve atuar de forma mais enérgica no combate aos crimes contra a honra cometidos mediante conteúdo disponibilizado na internet, razão pelo qual propomos o presente projeto de lei.

Propomos, de igual forma, alterar o recentemente promulgado Marco Civil da Internet, dando poderes imediatos às autoridades de investigação para o acesso a registros de conexão à internet e aos registros de navegação na internet em casos de crimes contra a honra cometidos mediante publicação no meio virtual. Dessa maneira, caso determinada pessoa esteja sendo vítima dos crimes de calúnia, difamação ou injúria, pela internet, bastará notificar as autoridades competentes, que terão a obrigação de agir e concluir suas investigações em, no máximo, sessenta dias.

Críticas

E por que este novo projeto de lei é ruim? Segundo o Comitê Gestor da Internet no Brasil(CGI.br), a PL 215/15 e os apensados PL 1547 e 1589 subvertem os princípios e conceitos fundamentais da internet por estabelecer práticas que ameaçam a “liberdade de expressão, a privacidade dos cidadãos e os direitos humanos em nome da vigilância”, além de “equivocadamente imputar responsabilidade ao provedor de conexão por danos decorrentes de conteúdo gerado por terceiros”.

O CGI.br pede que a internet não seja tratada diferente de outros ambientes de interação social, pois isso pode vir a gerar redundâncias e conflitos desnecessários na Justiça.

A Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas (FGV) do Rio de Janeiro também se manifestou contrário as PLs, afirmando que o Marco Civil “corre o risco de ter uma de suas principais garantias de proteção à privacidade eliminada”.

Em nota, a FGV afirma que a PL 2015/15 é vai contra a Constituição Federal, que prevê garantias fundamentais ao cidadão, como a presunção da inocência e o direito à privacidade e ao sigilo de suas informações na rede. A Fundação usa como exemplo para a necessidade de proteção ao sigilo dos usuários um site de apoio a dependentes químicos:

Dados sobre o acesso a sites de apoio a dependentes químicos ou de centros de saúde especializados no tratamento de certas doenças, por exemplo, podem revelar informações sensíveis que talvez jamais tenham sido explicitadas em uma mensagem privada. A necessidade de ordem judicial prévia para a obtenção desse tipo de registro serve justamente para assegurar a privacidade dos usuários e evitar seu acesso indiscriminado pelas autoridades, contendo eventuais abusos de poder.

A possibilidade de ter seus dados vasculhados sem a autorização judicial pode fazer com que usuários deixem de acessar sites cujas informações são essenciais ao seu dia a dia.

O projeto foi discutido nessa quinta-feira (1) e já soma sete sessões na Câmara. Graças a protestos, como o do CGI.br, a votação foi adiada. Os deputados devem colocá-la em pauta novamente na semana que vem.

Foto por Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasi

 

http://gizmodo.uol.com.br/giz-explica-pl-espiao/

 

 **

Comentários

              DE_UM_LIKE_75_SWIURL.JPG

TAUEZEQ94_tsp.png*

newline oportal

Mais lidas 2021-22

1. A Porta da Salvação. Leia

2. O Pão nosso de cada dia. Leia

3. Televisão: O olho mágico da besta. Leia

4. O que é heresia? Leia

5. Tecnologia 5G e o olho que tudo Vê. Leia

6. A era da sociedade charagma.  Leia

7. Plano dos Illuminati rumo a Nova Ordem Mundial.  Leia

8. A chegada não reconhecida do falso profeta. Leia

9. Nova Ordem Mundial conforme a Bíblia. Leia

10. O que é o Anticristo? Quem será Ele? Leia

11. O anticristo conforme a bíblia. Leia

12. Como será a vida no futuro: Leia

Destaque OPortal

A chamada no gif abaixo visa alertar sobre um grave evento que vai acontecer:

São elementos ardentes que se fundirão sobre terra: Cuidado!

Os corpos celestes explodirão sobre a atmosfera e cairá sobre a terra como chuva de pedras fogueadas. Haverá terrível destruição.

Tema Central d'OPortal

Leia

A falsa doutrina da pré-tribulação

Link

Questione-se: 

Conforme cita a bíblia qual é das doutrinas a que julga ser a mais viável pra você  biblicamente? 

Mezo-tribulação 

A Igreja será arrebatada ou não no meio da tribulação?

Pós-tribulação   

Em qual delas a Igreja de Cristo vai ser elevada?

Pré-tribulação  

A Igreja ela não verá este juízo que  virá sobre a face da  terra.

Qual é a certeza de que não vai estar aqui neste dia mais terrível da humanidade ?

Reflexão 

O Portal

 texto flutuante

  

       


Reflexão!

2013 - 2022

O oitavo rei

A besta do mar conforme descreve a profecia de:  Ef: 6 - 11 - 13.

ela faz referência às duas principais hierarquias do reino do mal que domina o mundo físico e espiritual desde a origem do pecado no Éden.

São eles os: “Os principados” que são as ordens celestiais malignas superiores constituídas por demônios de todas  e as hierarquias ou seja; é uma casta formada pelos seres que eram  dantes angelicais que foram lançados na terra quando o ex-querubim lúcifer intentou usurpar o trono de Deus; estes são as miríades ou legiões enquanto que as "Potestades"  são as classes humanas de governantes que regem os países do mundo sob o domínio secular de controle espiritual total do demônio; como por exemplo o falso profeta que ou a besta do mar e o anticristo a besta da terra e os demais reis tirânicos existentes! Conforme rege:

2 Corintios 4:4Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. 

O sangue inocente "de muitos cristãos" ainda terá que ser derramado no mundo até que o último fiel seja morto na terra pelo crime hediondo de servir a Deus e confessar Jesus como Cristo Rei e Senhor conforme registra

Apocalipse 6: 9 -11: que diz:

9: E, havendo aberto o quinto selo, vi debaixo do altar as almas dos que foram mortos por amor da palavra de Deus e por amor do testemunho que deram.

10: E clamavam com grande voz, dizendo: Até quando, ó verdadeiro e santo e Dominador, não julgas e vingas o nosso sangue e dos que habitam sobre a terra?

11: E foram dadas a cada um compridas vestes brancas e foi-lhes dito que repousassem ainda um pouco de tempo, até que também se completasse o número de seus conservos e seus irmãos, que hão de serem mortos  como eles foram.

São soldados do Rei dos Reis todos aqueles que pela sua fé em Cristo forem perseguidos e mortos no mundo pelo exército de satanás nesta antiga batalha espiritual entre o bem e o mal; por não se prostrarem diante das potestades da terra prestando lhes adoração e submissão total as suas leis, que são:

Os fiéis; os cristão guerreiros que serão presos; feridos ou mortos nesta guerra espiritual secular que virá com força total sobre a terra contra os soldados do Deus altíssimo.

Os que forem mortos; estes não vão ser laureados com medalhas de sangue como fazem os exércitos seculares; e "nós" os que provarmos o dano da primeira morte na terra; vamos receber uma Coroa de Glória com os nossos nomes gravados nelas e reinaremos com Cristo por toda a eternidade; na Nova Jerusalém que descerá do céu e ocupará o espaço físico desta terra pois ela será lançada no lago de fogo e enxofre no Juízo Final após o governo milenar de Cristo aqui no mundo; por toda eternidade!

A Nova Ordem Mundial através do Falso Profeta já está em plena e intensa atividade e teve inicio em 2013 com a "assençao" do ultimo Papa do Vaticano; que cumprirá o seu dever com todo o rigor. A sua marca já está sendo aceita é voluntariamente por muitos nos países no mundo e já estamos no tempo em que ela vai ser obrigatória para todos!

E quem quiser livrar-se "desta lei que será a pior perseguição que já houve na terra terá que aceitar a marca para poder comprar ou vender e ter a liberdade em troca pela sua alma!

Revelação 13. 1 – E vi uma besta que saia do mar, [...] 2 [...] O dragão lhe deu seu poder, seu trono e grande autoridade.

4. Eles adorarão o dragão, porque dera a sua autoridade à besta [...] Foi-lhe dado poder para guerrear contra o povo santo de Deus e derrotá-los.

10. Se alguém há de ir para o cativeiro, para o cativeiro irá! Se alguém há de ser morto à espada, morto à espada haverá de ser!”“.

O oitavo rei ele é a besta do mar e o falso profeta do Apocalipse 18:2 que assumiu o trono da perdição em 2013 no Vaticano cujo País é a Babilônia “espiritual” no mundo secular. O número que ele simboliza é o: 6 6 6; o ultimo Papa.

O Rei dos reis será o próximo e estará voltando a qualquer momento conforme os sinais biblicos forem se cumprindo; como por exemplo a marca da besta que no metaverso que já é real no universo que excede as barreiras físicas do mundo real no caminho de um verdadeiro mundo virtual.

Portanto: espere por Ele mesmo que isto vier lhe custar à sua própria vida.

Oriente-se!

Março de 2013 ⇔ 2022

Por: Cornelio A.Dias

 

Assista este vídeo

https://www.dailymotion.com/video/x6e2rcw

https://www.dailymotion.com/oportaldateologia

Pré-tribulação

O futuro do mundo

Nas Mãos Do Governo

Documentário 

Aqui

Pré-tribulação

Aqui

 

 

Clique aqui em:

 

 

Bíblia Online e Seleção de Louvores

 

TAU_ORIGINAL_PORTAL.png  

 

 

 

IMAGEM TEXTO